- Publicidade -
- Publicidade -
23.5 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Dez jogadores para prestar atenção nesta Copa América

Competição sediada no Brasil reúne nomes consagrados, como Neymar, Messi e Suárez

A Copa América de 2021 enfim vai começar. Adiada em sua edição de 2020, em decorrência do agravamento da pandemia do novo coronavírus, a competição já tem a data de estreia definida. No dia 14 de julho, Argentina e Chile se enfrentam no Engenhão, no Rio de Janeiro, às 18h. Para quem quer apostar Copa América, é um jogo e tanto, ainda que prever o vencedor deste duelo não é tarefa fácil.

- Publicidade -

De todo modo, Argentina e Chile carregam não só uma rivalidade histórica, mas também possuem grandes jogadores em suas equipes. Atletas que estão na lista dos dez jogadores para se ter atenção nesta Copa América. Estão no ranking também jogadores brasileiros, colombianos e uruguaios. Sem mais delongas, vamos ao top 10 de craques da competição.

1.Lionel Messi

Não há outro nome que possa abrir essa lista, senão Lionel Messi. O camisa 10 do Barcelona tenta acabar com um jejum que já dura 28 anos desde a última vez que a seleção argentina conquistou um título. Isso foi em 1993, também em uma Copa América, em uma vitória contra o México. Aos 33 anos, com diversos títulos de melhor do mundo, Messi quer enfim ganhar algo com o time albiceleste. A conquista do troféu certamente limitaria as críticas de parte dos argentinos e também da imprensa, que afirmam que o atleta não é decisivo vestindo as cores do país.

2. Neymar

Diferentemente de Messi, Neymar já conquistou títulos com a seleção, como a Copa das Confederações de 2013. Ainda assim, o brasileiro vive um momento complicado. É o principal jogador da equipe comandada por Tite, mas parece ser pouco confiável quando uma decisão se aproxima. A temporada com Paris Saint Germain não foi como se esperava e, às vésperas do torneio, o brasileiro vê seu nome exposto em uma acusação de um suposto estupro praticado contra uma funcinonária de sua ex-patrocinadora, a Nike.

3. Luis Suárez

Ao término da temporada de 2019/2020, Luis Suárez parecia um jogador em fim de carreira. O atacante foi praticamente expulso do Barcelona, onde havia sido decisivo ao lado de Messi e Neymar, formando o trio MSN. A transferência para o Atlético de Madrid foi vista com desconfiança, mas o uruguaio conseguiu acabar com qualquer dúvida acerca do seu futebol. Foi decisivo na conquista do Campeonato Espanhol da atual temporada no time comandado pelo argentino Diego Simeone.

- Publicidade -

4. Alexis Sánchez

Um dos atletas mais representativos da geração vitoriosa do Chile que conquistou a Copa América de 2015, Alexis Sánchez ainda é um jogador especial. Aos 32 anos, não vive seu melhor momento da carreira. Ele pertence ao Manchester United, mas estava emprestado à Inter de Milão. Nas últimas semanas, os dois clubes informaram que não pretendem contar com o jogador. A Copa América pode ser uma boa forma de dar a volta por cima e voltar a ser desejado no mercado internacional.

5. Yeferson Soteldo

Conhecido do público brasileiro, Soteldo foi o grande destaque do Santos nas últimas temporadas. O venezuelano foi decisivo na campanha que levou o Peixe à final da Libertadores de 2020. Mesmo com a derrota diante do Palmeiras, o atleta é hoje um dos melhores jogadores do futebol sul-americano. Atualmente no Toronto FC, o baixinho de quase 1,60m certamente dará trabalho na disputa da Copa América.

6. Paolo Guerrero

O atacante peruano 37 está longe de ser o atleta que encantou o mundo com a camisa do Hamburgo há alguns anos. Tampouco é o mesmo jogador que destruiu defesas brasileiras com a camisa do Corinthians. Aliás, é bom lembrar, foi dele o gol que deu o mundial de clubes ao Timão diante do Chelsea, em 2012. Atualmente no Internacional, o jogador perdeu parte da força física e da velocidade. Mas ainda é um jogador extremamente decisivo e importante para o time peruano.

7. Angel Romero

O atacante, que atualmente defende as cores do San Lorenzo, já foi alvo de críticas por parte da torcida do Corinthians. No entanto, seu desempenho pelo clube é satisfatório. Além dos títulos conquistados, ele é o maior artilheiro do estádio da equipe paulista, com 27 gols. Pela seleção paraguaia, pode ser a válvula de escape em um time com boa pegada defensiva. É bom ficar de olho no atacante.

8. Enner Valencia

As equipes do Equador são sempre competitivas. Ainda que não conquistem muitas vitórias, vários dos seus jogadores têm boa técnica e ótimo condicionamento físico. Esse é o caso de Enner Valencia. Um dos atletas mais experientes do elenco, o meio-campo de 31 anos que defende o Fenerbahçe  certamente será um dos líderes do elenco. Ele soma passagens ainda por West Ham, Everton e Tigres.

9. Marcelo Martins

O incansável artilheiro boliviano estará mais uma vez à frente do grupo de jogadores que vão buscar um feito heróico na Copa América. Marcelo Moreno, com longeva carreira no futebol brasileiro, atualmente defende as cores do Cruzeiro. Aos 33 anos, soma passagens ainda por Shakhtar Donetsk, Werder Bremen e Flamengo. Para muitos, ele é o maior jogador da história do futebol boliviano.

10. Juan Guillermo Cuadrado

Aos 33 anos, o meia da Juventus deve assumir a responsabilidade de ser o principal jogador colombiano da competição, já que o técnico Reinaldo Rueda decidiu deixar de fora o camisa 10 e grande estrela da equipe, o meia James Rodríguez. Em um comunicado, o atleta do Everton lamentou a ausência e fez críticas a Rueda. Poderá Cuadrado liderar uma equipe conhecida por jogar como nunca e perder como sempre? Só o tempo dirá.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -