- Publicidade -
- Publicidade -
12.8 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

9º Prêmio AMT Ação da Mulher Trabalhista, de Balneário Camboriú, anuncia homenageadas

A edição deste ano celebrará Anita Garibaldi e acontece na Câmara de Vereadores da cidade, em maio

O Movimento Feminino do PDT, AMT de Balneário Camboriú, anuncia a realização do 9º Prêmio Ação da Mulher Trabalhista, edição Anita Garibaldi, que tem como objetivo o reconhecimento no mês do trabalhador e homenagear mulheres que, assim como Anita, demonstram coragem, determinação e compromisso com o bem-estar da sociedade. O evento homenageará 12 mulheres no próximo dia 9, na Câmara de Balneário.

A presidente da AMT de Balneário Camboriú, Ciça Muller, lembra que Anita é um arquétipo inspirador, que chegou a ser descrita pelo guerrilheiro Giuseppe Garibaldi, em suas memórias narradas a Alexandre Dumas: “Anita, sublime em sua coragem em face do perigo, ela ainda se engrandecia (fosse isto possível!) diante da adversidade.”
E quantas mulheres ainda lutam mesmo face as adversidades e tal como Anita querem ver esse mundo um lugar melhor.

A presidente Ciça Muller (Divulgação/AMT/BC)

“Este prêmio não apenas reconhece o legado de uma mulher que desafiou convenções e lutou incansavelmente por suas crenças, mas também celebra a coragem, determinação e compromisso das mulheres contemporâneas que continuam a moldar o curso da história. É uma oportunidade de inspirar e destacar as vozes, reconhecendo suas contribuições significativas para o progresso social, político e econômico de nossa cidade. Ao honrar Anita Garibaldi e as mulheres que seguem seus passos, estamos reafirmando nosso compromisso com a igualdade de gênero e o empoderamento feminino, impulsionando assim uma sociedade mais justa e inclusiva para todos”, afirma Ciça.

As homenageadas

  • Aline Cristina Dalmolin, empresária e atuante em ação social com a finalidade do resgate emocional junto as mulheres institucionalizadas no Viver Livre;
  • Anadir Gianesini, juíza leiga aposentada Governadora do Lions Clubes Distrito LD-5, com atuações na consolidação da participação feminina no movimento leonístico inclui uma nova diretriz de atuação de Lions Clube, com a criação da Comissão de mulheres junto a DPCAMI e criou a nomeação e reconhecimento por atuações no combate a violência contra mulher;
  • Andrea Teixeira, terapeuta e coordenadora do Núcleo de Terapias Integrativas da ACIBALC, desenvolve um importante projeto junto a Unicesumar de reinserção social para mulheres vítimas de violência;
  • Caroline Santos da Silva, Produtora cultural e voluntária, importante protagonista dentro do Maracatu Lua Nova e do Baque Mulher;
  • Débora Garcia Boeira, jornalista e produtora cultural, atua em projetos ambientais de monitoramento de oceanos e vida marinha. Mantém o projeto Sarau da Tainha, no Bairro da Barra e em edições itinerantes, com objetivo da manutenção e da valorização da cultura local;
  • Debora Esteves, funcionária pública da UDESC, em seu estudo de caso na extensão, propôs a integração e união de mulheres imigrantes, especialmente haitianas e venezuelanas, com a finalidade de compreender seus desafios sociais em Balneário Camboriú. É a primeira colaboradora mulher da área técnica da universidade a ocupar a chefia de ensino e extensão;
  • Esther Fregossi Gonzales, Presidente do Instituto Rogério Rosa e da Comissão ODS em Balneário Camboriú;
  • Francilene Moreira Krzisch, Assistente Social, realiza o projeto Novos Caminhos do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, que encaminha os jovens institucionalizados para novas oportunidades através da inserção no mercado de trabalho;
  • Juliana Ferreira de Deus, presidente da ONG Solidariedade e Amor, movimento de fazer o bem sem olhar a quem, em Balneário Camboriú;
  • Maria da Graça Sais Borges Schumacher, Diretora eleita no CEJA Centro de Educação Jovens e Adultos, realiza uma ampliação de atuação do projeto levando a proposta de aulas para além da unidade institucional, a fim de incluir mais jovens e adultos na educação continuada;
  • Marilda Vieira da Silva, dona de casa, mãe, avó, complementa a renda familiar confeccionando biscoitos de Natal e quitutes para eventos na praça do pescador. Acolhe a todos que chegam em sua porta, tendo cuidado pessoalmente de uma moradora da pedreira em estado terminal de câncer. Reconhecida por sua generosidade, amorosidade e solidariedade, sempre disposta a ajudar ao próximo;
  • Viviane Ordones – Geógrafa, funcionária pública, atua na educação ambiental do município, há mais de 30 anos. Enfrentou o preconceito e o assédio nas esferas do sérvio público, se posicionou e denunciou o caso para a corregedoria. Seu ato de bravura e coragem lhe trouxeram diversos reveses, mas ao fazê-lo lutou pela garantia do respeito as mulheres em órgãos públicos.
- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -