- Publicidade -
- Publicidade -
27.1 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Mais de 40 espécies avistadas na passarinhada realizada em Balneário Camboriú

O projeto Observando Aves em Balneário Camboriú realizou uma ‘passarinhada’ no final de semana, em três pontos de Balneário Camboriú. Na sexta-feira (26), a chuva atrapalhou, mas no sábado, na foz do rio Marambaia, mesmo garoando, foram avistadas 26 espécies de aves.

No domingo, no Morro do Careca, com sol, os 17 participantes avistaram 16 espécies.

O projeto é uma iniciativa OiA Observatório de Interações no Ambiente, realizada com recursos da LIC – Lei de Incentivo à Cultura 2023, através da Fundação Cultural de Balneário Camboriú. Conta com o apoio do projeto Aves Catarinenses e do Núcleo de Sustentabilidade da Acibalc. 

- Publicidade -

O arquiteto urbanista Gabriel Gallarza, integrante do OiA, disse que o aproveitamento foi muito bom.

(Foto Gabriel Gallarza)

“As pessoas se engajaram bastante nas orientações que a guia Clarisse Odebrecht passou. Foi bem divertido e inspirador. Temos até novos praticantes declarados”, comentou Gallarza. 

A engenheira Clarisse Odebrecht, de Balneário Camboriú, foi a guia da passarinhada e gostou da experiência.

“A prática do Birdwatching é, para mim, apaixonante. Acompanhar o grupo de novatos, interessados em conhecer o que é e como se faz, foi muito gratificante. Espero ter conseguido encantar este público para que possam ter no seu cotidiano este prazer de voar com as aves, e que seus voos sejam leves mesmo nesta selva de pedra que vivemos. Adorei estar com vocês”, disse.

Um dos participantes, Ricardo, também aprovou a iniciativa.

“A experiência que tive nas passarinhadas promovidas pelo projeto sobre aves de Balneário Camboriú foi algo muito diferente do que costumo vivenciar enquanto morador da cidade. É estimulante ver pessoas disporem de seu tempo para se reunir em função de observar os pássaros que no cotidiano passam despercebidos, me senti motivado a continuar na prática desta atividade”, declarou.

Lívia, que também se integrou ao grupo, aprovou a experiência.

- Publicidade -

“O evento foi incrível, eu consegui ver várias aves e eu achei o livro sobre as aves de BC muito interessante, é um projeto muito bom”, afirmou.

O livro

O livro “Observando Aves em Balneário Camboriú”, lançado no final do ano passado, é patrocinada pela Fundação Cultural de Balneário Camboriú, com recursos da Lei de Incentivo à Cultura (LIC). A  obra apresenta uma relação das aves mais comumente avistadas na cidade, com imagens e textos sobre cada uma das espécies.

Iniciativa do Observatório de Interações no Ambiente (OiA), a publicação surgiu de uma extensa pesquisa sobre a avifauna encontrada em todo estado de Santa Catarina e é um desdobramento do projeto Aves Catarinenses, do biólogo e ambientalista Cristiano Voitina. 

O biólogo estuda há mais de 15 anos a avifauna do estado e já publicou dois volumes do livro Aves Catarinenses.

“Observando Aves em Balneário Camboriú” traz 88 espécies que representam uma parte do grande conjunto de aves que frequentam Balneário Camboriú em seus ambientes naturais e 

No site http://avesbc.eco.br, é possível visualizar e baixar a versão digital do livro. “Observando Aves em Balneário Camboriú” que tem o apoio do projeto Aves Catarinenses e do Núcleo de Sustentabilidade da Associação Empresarial de Balneário Camboriú e Camboriú (Acibalc).

Interessados podem adquirir gratuitamente o livro na Fundação Cultural e na Biblioteca Municipal. 

No site do projeto http://avesbc.eco.br/ é possível baixar a versão digital do livro. 

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -