- Publicidade -
- Publicidade -
14.4 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Parada e Marcha pela Diversidade anunciam eventos em Balneário Camboriú, mas somente uma possui alvará

A realização da Parada e da Marcha pela Diversidade de Balneário Camboriú vem gerando dúvidas na comunidade LGBTQIA+. Isso porque há dois ‘times’ organizando os eventos e divulgando que ambos vão acontecer – a Marcha no dia 5 de novembro e a Parada no dia 12,- porém somente a Marcha possui alvará, oficializado no fim da tarde desta quarta-feira (18).

A realização de dois eventos do mesmo segmento chama a atenção e houve a ‘divisão’ por divergências entre os organizadores, fato já noticiado pelo Página 3

Através das redes sociais, os dois eventos estão sendo amplamente divulgados, há vários dias.

- Publicidade -

A Marcha recebeu autorização da prefeitura e já tem sua programação divulgada, prevista para iniciar às 10h do próximo dia 5, com concentração na Praça Almirante Tamandaré, saindo em direção ao Pontal Norte às 13h – entre 16h e 19h haverá palco com DJ no Pontal Norte e após isso a festa oficial, na balada The Grand, na Barra Sul.

A Parada da Diversidade de Balneário Camboriú chegaria neste ano em sua nona edição, organizada originalmente por Ney Laurentino, atualmente vice-presidente da Associação da Parada da Diversidade de Balneário Camboriú.

Ney não autorizou que os novos organizadores, a Afam Diversa (Associação das Famílias da Diversidade), ‘comandassem’ a Parada, e por isso a Afam criou um ‘novo evento’, a Marcha pela Diversidade.

A situação chegou a ser discutida judicialmente, com audiência de conciliação. O objetivo inicial era que permanecesse a data do dia 5 de novembro (a Afam já possuía alvará, que foi suspenso devido desacordo, e liberado pela segunda vez nesta quarta) e que os eventos se unissem, incluindo os artistas já contratados, mas Ney não teria aceitado as indicações feitas pela Afam, que queria manter o nome Parada da Diversidade, buscando ‘homenagear’ o legado das oito edições.

Foi proposta a criação de uma comissão mista, com todas as entidades participando e organizando juntas o evento, cada uma com o seu trio elétrico no dia da Parada/Marcha, mas o assunto não evoluiu.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -