- Publicidade -
- Publicidade -
23.2 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Morador de rua morreu após ser esfaqueado, em Balneário Camboriú: responsáveis foram presos

O morador de rua de Balneário Camboriú, identificado como Juliano Nunes da Silva, 45 anos, morreu na segunda-feira (5), após ser esfaqueado por dois homens, de 34 e 36 anos, que foram presos.

Segundo a Guarda Municipal, Juliano chamou os guardas, informando que havia sido esfaqueado na Avenida Brasil, esquina com a Rua 51. Ele chegou a ser socorrido pelos guardas e encaminhado ao Hospital Municipal Ruth Cardoso, mas não resistiu.

A vítima identificou apenas um homem, que seria também morador de rua, como o responsável pelo crime, mas através de câmeras de segurança, a GM identificou mais um homem, que também foi indiciado pela Polícia Civil. 

- Publicidade -

O Página 3 apurou junto da Secretaria de Inclusão Social que Juliano foi esfaqueado após se desentender com os outros dois andarilhos. 

Os dois responsáveis pela morte do morador de rua foram presos algumas horas depois, na Rua 1.950. Um dos envolvidos com o crime estava com três cães, que foram recolhidos pela Guarda Municipal e encaminhados ao abrigo da ONG Viva Bicho.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -