- Publicidade -
- Publicidade -
23.2 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

NEI Pioneiros: projeto passou por todas as comissões, mas ainda não foi para votação

Apesar de já ter passado por todas as comissões na Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú e ser um assunto de interesse público, o projeto do novo Núcleo de Educação Infantil (NEI) Pioneiros (saiba mais aqui) ainda não foi para votação – mas isso pode acontecer em breve. 

A nova unidade, que será construída pela FG, precisa ser aprovada pelo Legislativo para então iniciar.

Desde abril deste ano (relembre aqui) a comunidade do NEI Pioneiros, vive a tensão por não saber se a creche será ou não demolida – mas, no início de agosto, o governo municipal enviou o projeto à Câmara, com os detalhes da construção, que será feita pela FG, em troca de construir um empreendimento no terreno que é de sua propriedade e atualmente está a creche. 

- Publicidade -

Como apontado pelo secretário de Educação Marcelo Achutti, mesmo sendo de interesse da comunidade do Bairro Pioneiros, o projeto está parado na Câmara. 

“Não entendo por qual motivo até hoje não foi votado e aprovado. Já discutiram, mas por que ainda não foi para a pauta e foi votado? Quanto tempo está parado? Cadê a Comissão de Educação?”, questionou.

Achutti disse que não falou com nenhum vereador e que a parte da prefeitura foi feita (encaminhar o projeto para a Câmara), mas que os moradores estão cobrando porque gostariam que o novo NEI ficasse pronto para 2024. 

“Parece que os vereadores estão preocupados com o nome de quem vai estar na placa. O que eu quero saber é por qual motivo ainda não aprovaram? Precisamos do Núcleo novo, tem uma negociação entre a prefeitura e a FG, e o que estamos aguardando, para dar continuidade, é a Câmara aprovar. Já teve tempo e até agora nada. Se tiverem dúvidas, podem falar comigo. Mas precisamos resolver o quanto antes”, acrescentou. Ele acrescentou que estranha que a Comissão de Educação – ‘principalmente a vereadora Juliana Pavan’ – não esteja cobrando a votação do projeto.

Divulgação

Projeto poderá entrar na pauta na próxima semana

Ao Página 3, o presidente do Legislativo, David Fernandes ‘LaBarrica’, disse que há a possibilidade de o projeto estar na pauta da sessão da próxima terça-feira (10). 

“Passou pelas comissões é bem provável que [a votação] será na terça-feira (10)”, afirmou.

O que diz a Comissão de Educação

O vereador Eduardo Zanatta, que preside a Comissão de Educação, explica que na quarta (4) discutiram o assunto na comissão (formada por ele, Juliana Pavan e Dani Serpa) e que estão solicitando que o projeto do NEI entre em pauta e seja votado.

“Inclusive entrei no sistema para ver onde estava e vi que está pronto para ser votado, já passou por todas as comissões. Os moradores estão cobrando e queremos que entre logo. É urgente. Eu até parabenizei o governo por enviar projeto e realmente não faz sentido ainda não ter sido pautado. Vamos continuar cobrando porque a demora cria uma insegurança em toda a comunidade escolar”, pontua.

Juliana Pavan, citada pelo secretário Achutti, disse que no dia 26 de setembro cobrou na tribuna que houvesse mais agilidade e o projeto entrasse em pauta. 

“Ele [o projeto] está apto para votação desde o dia 3 de outubro. Está tudo ok e estamos aguardando ansiosos para a votação e assim atendermos a comunidade do NEI Pioneiros. Discutimos isso na Comissão de Educação e também demos encaminhamento para enviar um convite para que o secretário de Educação possa vir falar conosco e nos passar informações, inclusive sobre o NEI”, diz.

A vereadora inclusive já se reuniu com a construtora FG ainda antes de enviarem projeto, quando foi noticiado o possível fechamento da creche. 

“O projeto é lindo, falei com o engenheiro que fez a parte de pré-moldado, segundo a FG devem finalizar a obra rapidamente. Temos que agilizar essa votação para a construtora construir. A prefeitura também já precisa se programar porque será a responsável pela mobília”, completa.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -