- Publicidade -
- Publicidade -
24.3 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Sessão da Câmara teve apresentação sobre o Piso Nacional do Magistério e aprovação de veto a projeto


A sessão de terça-feira (20) da Câmara de Balneário Camboriú teve o secretário municipal de Educação, Marcelo Achutti, na tribuna para falar sobre a proposta da prefeitura quanto ao Piso Nacional do Magistério e ainda a aprovação de um veto do Executivo, em um projeto aprovado em dezembro/2023 pela Câmara.

Achutti enviou ofício na terça, horas antes da sessão, para a presidência do Legislativo [Marcos Kurtz, já que David Fernandes ‘LaBarrica’ está como prefeito], colocando-se à disposição para tratar do assunto na sessão. Foi convidado, e apresentou dados sobre os salários pagos aos diferentes níveis do magistério municipal, a proposta da prefeitura e os impactos na folha salarial.

Conforme slide apresentado pelo secretário, a proposta é de “aumento de 14,68% para o primeiro nível do magistério e mantido 29% entre níveis para o ano de 2024. A apresentação completa de Achutti pode ser assistida no vídeo da sessão.

- Publicidade -

Veto mantido
Por 10 votos favoráveis e dois contrários, foi mantido o veto total ao projeto de autoria do vereador Kaká Fernandes que dispõe sobre a obrigatoriedade de acompanhamento por profissional de saúde do sexo feminino, durante a realização de exames ou procedimentos que utilizem de sedação ou anestesia que induzam a inconsciência da paciente; além da presença de acompanhante durante os exames sensíveis.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -