- Publicidade -
- Publicidade -
25.7 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Vereador Probst, que agora é da base do governo, anuncia que fica na Câmara e vai disputar a prefeitura em 2024

O presidente do Legislativo, David Fernandes, também comentou a ida do MDB à base de Fabrício

Até então oposição ao governo, o MDB agora está na base do do PL do prefeito Fabrício Oliveira. O vereador Marcelo Achutti assumiu nesta segunda-feira (6) como secretário de Educação (saiba mais aqui) e Elizeu Pereira deve ir para a subprefeitura da região sul. 

A reunião do PL com os novos aliados (Divulgação)

O terceiro vereador aliado, Nilson deve ficar na Câmara, presidida por David Fernandes ‘La Barrica’. Ambos conversaram com o Página 3 sobre o novo cenário legislativo. 

Segundo Nilson, existe a possibilidade de Elizeu Pereira assumir a subprefeitura da região sul e a primeira suplente a vereadora pelo MDB, Magali Nunes Ignácio, poderá comandar o BC Trânsito. 

- Publicidade -

“Ainda não está batido o martelo. A Nena Amorim deve ficar no lugar do Achutti e João Koeddermann no lugar do Elizeu. Eu ficarei na Câmara”, relatou. 

O vereador disse que sempre critica o governo pela falta de ações e não o prefeito Fabrício ‘em pessoa’. 

Ele afirmou ainda que o convite para o MDB se juntar ao governo já teria vindo bem antes, em 2016, logo após Fabrício se eleger prefeito pela primeira vez. 

O assunto já havia sido discutido em 2022 e agora surgiu novamente, com Fabrício dizendo que quer terminar ‘bem’ o seu governo – lembrando que tem eleição em 2024 e tanto o PL quanto o MDB querem vir à majoritária. 

“De forma unânime o partido entendeu que deveríamos ir para o governo e contribuir, mas vamos ter candidato a majoritária em 2024. Eu sou pré-candidato a prefeito, não venho mais como vereador, e o Achutti também é pré-candidato e se não conseguir, virá como vereador. Quem estiver ‘melhor’, quem puder agregar mais, vem para prefeito”, acrescenta.

Questionado pelo jornal sobre qual será sua postura na Câmara, já que Probst sempre foi conhecido por ser oposição ao governo, ele disse que não é por estar na base que deixará de apontar os ‘possíveis erros’ do governo se Fabrício. 

“No dia em que fechamos com Fabrício (quinta-feira, 2), chegaram reclamações e já repassei para ele. Tem coisas que nem é culpa dele ou que ele nem sabe, como o asfalto no Parque Raimundo Malta, e ele apanha. Antes eu ia para as redes sociais e para a tribuna, agora posso ligar para o prefeito e secretários. Agora o contato é mais próximo. Porém, no caso de Castanheira (Antônio Gabriel Castanheira Junior, secretário de Segurança) é uma divergência pessoal e não administrativa. Foi uma falta de respeito que ele teve. Uma coisa é questão de governo e não algo pessoal. Se tem algo errado, vou falar, porque se tem falha ou algo a ser corrigido, precisará ser encaminhado”, pontua, citando que já agia assim no governo de Edson Renato Dias ‘Piriquito’. 

- Publicidade -

“Não estou aqui para passar a mão na cabeça de ninguém e sim fazer as coisas andarem. Vereador é cobrador, o parachoque da comunidade, independente se é base ou oposição. Não fomos por cargo e sim para resolver questões, antes de fechar tivemos conversas muito maduras”, completa.

O que diz o presidente da Câmara

O presidente do Legislativo, David Fernandes disse que ‘vê com bons olhos’ a ida do MDB ao governo, considerando que o partido já comandou a cidade. 

“São um grupo grande, já governaram a cidade, sabem das dificuldades, têm ampla experiência. Balneário Camboriú tem muito a ganhar com a ida do MDB ao governo. O trabalho na Câmara continua o mesmo, a eleição já foi, eu ganhei o voto deles, eu também sou governo, ganhamos muito com a vinda do MDB tanto no Legislativo quanto no Executivo. A Nena já passou pela Câmara, o João é um menino do bem, que tem a política no sangue, tendem a ser boas experiências, com a mentalidade de fazer acontecer. Balneário precisa de união na política, precisamos ser diferentes de outras cidades, pois vivemos do turismo e da construção civil. É sempre bom termos ideias novas”, disse, lembrando que as sessões na Câmara retornam nesta terça (7). 

Nesta sessão será feita a escolha dos membros das comissões legislativas permanentes, do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, da Procuradora Especial da Mulher e da Escola do Legislativo.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -