- Publicidade -
- Publicidade -
20.3 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Prefeito Fabrício vai lançar programa com médicos para atender população de rua em Balneário Camboriú

Junto a prefeitura lançará a  campanha ‘Quer ajudar? Não dê esmola’

O prefeito Fabrício Oliveira participou de evento no Convention Bureau nesta sexta-feira (15), onde falou sobre a ‘situação sensível’ que a cidade vive com a população de rua, e antecipou que na próxima semana irá lançar um programa onde médicos irão para a rua para atender essas pessoas – em sua maioria dependentes químicos, e tratá-los diretamente na rua, buscando incentivá-los a aceitar a internação, algo já antecipado pela secretária de Inclusão Social na última semana (saiba mais aqui)

Fabrício disse que apesar do assunto ser delicado, é algo que precisa ser falado. Ele relatou que há alguns meses havia caído o número de furtos e roubos na cidade (conforme já citado pelo secretário de Segurança da cidade, relembre aqui). 

“Não vamos deixar a cidade entregue, segurança é um ponto vital. Por isso, vamos colocar equipe e médicos na rua, e vamos divulgar que não deem esmola para morador em situação de rua (o nome da campanha será Quer ajudar? Não dê esmola), com cartazes e anúncios. O dependente químico flerta com criminalidade, com o tráfico de drogas. Você acha que está ajudando, mas está mantendo ele na rua”, disse.

O prefeito comentou ainda que a cidade pode ter defeito, mas que é preciso ter o hábito de apontar para crescer e nunca para diminuir. 

“Vamos fazer um grande 2024, começando agora com essas ações junto da Saúde, Segurança e Inclusão Social. Estamos ajustando a parte burocrática, os médicos vão estar atendendo na rua. Na próxima semana deveremos oficializar”, acrescentou.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -