- Publicidade -
- Publicidade -
15 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Polícia Federal apreendeu McLaren 570s Spider em Balneário Camboriú, carro custa R$ 4 milhões

A Polícia Federal deflagrou, nesta sexta-feira (11), a segunda fase da Operação Argentarius (pessoas que eram responsáveis por bancos de depósito e operações de câmbio no Império Romano), que tem como alvo uma organização criminosa que atuava como um ‘banco’ que financiava crimes como tráfico de drogas, roubo, contrabando de agrotóxicos e adulteração de cargas de produtos agrícolas.

(Divulgação/Policia Federal)

Segundo a Polícia Federal, a primeira fase da operação aconteceu em dezembro/2021, quando as investigações mostraram que foram movimentados mais de R$ 500 milhões. Apenas entre os dois principais alvos as movimentações superaram R$ 220 milhões.

Nesta segunda fase, foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão em Balneário Camboriú. A PF constatou que os valores movimentados e os bens que os membros do ‘grupo’ possuem são incompatíveis com a renda declarada.

Durante o cumprimento dos mandados em Balneário, os policiais encontraram, na garagem de um prédio na Terceira Avenida, no centro da cidade, um McLaren 570s Spider [que estava coberto com uma capa], que custa aproximadamente R$ 4 milhões – somente sete unidades deste carro de luxo foram vendidas no Brasil.

Além do McLaren, a PF localizou ainda duas motocicletas, uma BMW R1200 e uma Harley Davidson Fat Boy, que juntas custariam cerca de R$ 150 mil.

As motos e o carro pertenceriam ao principal investigado, que possui um apartamento no prédio e o utilizaria ‘esporadicamente’.

Os veículos foram levados à delegacia da PF, em Itajaí, e devem ser leiloados, à pedido da PF de Rondonópolis/MT, que conduz as investigações.

- Publicidade -
spot_imgspot_img
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
%d blogueiros gostam disto: