- Publicidade -
- Publicidade -
23.2 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Geninho Góes, de Balneário Camboriú, lançará o livro ‘Paiciência’ sobre sua mais recente experiência de vida

Ele e o companheiro, Duda, são pais de cinco filhos adotivos: a família acumula mais de 130 mil seguidores nas redes sociais

O empresário Geninho Góes, figura conhecida em Balneário Camboriú por seu trabalho ligado ao turismo (ele já foi secretário da pasta e é CEO da BNT Mercosul, uma das principais feiras do segmento no Brasil), também é pai de cinco filhos adotivos com o companheiro Eduardo Domingos Silva, o Duda (relembre a história da família aqui).

Agora, a família dividirá um pouco de sua história e vivências em um livro – o ‘Paiciência – Lições práticas de uma família inspiradora e nada convencional’, que já está em pré-venda pela editora Gente.

Divulgação/Paiciência na Prática

A história de Geninho, Duda e os cinco filhos – Maria Helena, a mais velha, que chegou em 2016, aos oito anos, e outras quatro crianças, Ellen (11 anos); Wellington (7 anos); Allysson (4 anos) e Rayane (1 ano), todos irmãos biológicos de Maria, já foi contada no Fantástico, da Rede Globo, e agora virou livro.

- Publicidade -

Geninho contou com exclusividade ao Página 3 que, desde que Maria chegou na vida dele e de Duda, ele costuma escrever textos.

‘Pais erram muito para dar certo’

“Escrever, para mim, é um processo terapêutico. Eu registrei muitos momentos desafiadores que vivemos com ela, busquei ajuda com profissionais, gente da área da educação, psicoterapeutas, fiz cursos… e depois que os outros quatro filhos vieram, veio mais uma enxurrada de informações na nossa vida, coisas práticas, e eu precisava escrever sobre isso: pais e mães erram muito para dar certo, e eu registrava o que dava certo e o que não dava”, disse.

Livro foi unanimidade

Divulgação/Paiciência na Prática

Geninho relatou que escrevia durante as madrugadas e que, ao total, seus textos somaram 250 páginas. Ele cogitou fazer um e-book, mas acabou recebendo uma indicação sobre a Gente, que é a editora que mais lança best-sellers no Brasil.

“Meu livro foi para o conselho editorial e os nove conselheiros, todos eles, por unanimidade, aprovaram o livro. Me falaram ‘Geninho, o seu livro é muito bom e muito necessário’. É muito difícil aprovarem por unanimidade, e o meu foi. Eu não acreditei que aconteceu isso, chorei, me emocionei, passei o meu livro para eles, fizeram edições, e a versão final fechou em 192 páginas”, comentou.

Propósito de vida

O livro de Geninho já está em pré-venda (clique aqui) e deve ser lançado oficialmente no fim deste mês de julho. Uma noite de autógrafos já está marcada e acontece no dia 10 de agosto, na Livraria Catarinense, localizada no Balneário Shopping.

“Vai ter lançamento nacional também! Vivemos um dia de cada vez, a página no Instagram (@paiciencianapratica) já nos deu uma projeção muito grande, em quatro meses temos mais de 130 mil seguidores orgânicos. Vejo que o livro irá abrir portas não só para contarmos a nossa história, mas inspirar pais e mães, focando na questão da importância da presença, consciência, autocuidado… isso tudo que vivemos é um propósito de vida; não é um objetivo que se conclui, é o nosso propósito de vida. Não somos perfeitos, mas somos os melhores pais que nossos filhos poderiam ter, e todo pai precisa ter essa consciência”, acrescentou.

Divulgação/Paiciência na Prática

Questionado pelo jornal sobre outro escritor famoso no ‘segmento paternidade’, o jornalista Marcos Piangers, autor do best-seller ‘O Papai É Pop’, que virou filme com o ator Lázaro Ramos, Geninho diz que é muito positivo que existam cada vez mais publicações sobre o assunto, opinando que a experiência de ser pai é muito diferente e varia para cada um.

- Publicidade -

“No ‘Paiciência’ está a nossa experiência de viver a parentalidade, está o nosso DNA. Os desafios de trocar fralda e a adolescência, e tudo ao mesmo tempo. Mas quanto mais gente estiver falando de parentalidade, de paternidade, melhor. O meu livro, eu digo que foi escrito por mim, pelo Duda e pelas crianças”, disse.

Geninho segue afirmando que não se trata de autobiografia, mas sim uma resposta para tantos que perguntam ‘como dar conta’.

“A gente conta a nossa história, como ter paciência, como ter vida organizada, como dar limites, como ser pai consciente e mais presente. Damos dicas preciosas para quem tem filho e quem deseja ter. Falamos do uso de telas, importância dos limites, valores da família, importância do autocuidado, comunicação com as crianças… é um livro para inspirar pais e mães”, acrescentou.

Teoria & Prática

O autor descreveu que a obra está ‘muito emocionante’ e busca trazer um pouco mais sobre a experiência que ‘atravessou’ as suas vidas.

“Fomos muito acolhidos por psicólogos, por psicopedagogos… o livro é uma mistura de teoria, eu sempre gostei de estudar, com a prática. Resumimos como foi nos transformarmos em pais, com a Maria, os desafios enfrentados, a chegada dos quatro de uma só vez e como encontramos soluções para isso. O livro está muito tocante, falo muito da presença, do papel do pai e da mãe, como o filho pode transformar a vida”, completou.

Para adquirir o livro de Geninho na pré-venda, basta clicar aqui. O envio dos livros iniciará em agosto, para todo o Brasil.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -