- Publicidade -
18.2 C
Balneário Camboriú

“Estou falando da ALMA do Página3”, por Carlos Cesário Pereira

Memória & Histórias 30 anos JP3

(Equipe de funcionários e colaboradores)

Durante esses 30 anos de jornalismo do Página3, passaram pela redação dezenas de funcionários e colaboradores, esse relato é de um deles.

Instado… (falei bonito, kkkk… se soltasse uma dessa, naqueles encontros da cúpula editorial do jornal…Marzinho, Marlise e Nildo Teixeira, o Bola, posso imaginar as reações de cada um deles)…a escrever sobre algum fato daquela época em que eu,  atuava como advogado e consultor jurídico do jornal, além de amigo do casal e de sua família, participava com frequência desses encontros.

Carlos em um encontro de Amigo Secreto do jornal (Arquivo JP3)

Bastou abrir a carinhosa mensagem do convite para que a minha memória iniciasse o download de milhares de lembranças e recordações de fatos, notícias e momentos prazerosos que vivenciei naquelas reuniões.

Só agora, em que consegui ordenar todas aquelas lembranças e recordações, consegui escolher o tema para atender ao irrecusável convite de participar, com esse artigo das comemorações do aniversário do jornal.

E de todas as gratas lembranças e recordações daqueles tempos memoráveis resolvi falar do que guardei do verso da  Página 3 que, salvo engano, nenhum leitor, viu publicado e que, se sabe é porque, como eu, gozou do privilégio de íntima amizade com o casal Marzinho e Marlise, suas filhas e a equipe.

Estou falando da ALMA do Página3.. naquelas ocasiões se expressava na sua plenitude através desses personagens que até hoje conduzem a direção do jornal…é o Marzinho que, mesmo sisudo, não consegue esconder seu lado sarcástico, guerreiro, crítico, por vezes indignado, hilário, justo e ético, só contido, quando necessário, pela Marlise que é, além de jornalista, e como tal também elegante e conciliadora, sem deixar de lado a sinceridade, a transparência e tudo mais, com uma pitada de humor necessária, tanto no exercício profissional, como na sua vida pessoal, como mãe e avó.

E para não dizerem que falei só de flores… kkk não posso deixar de falar sobre aqueles dois outros personagens citados acima, como participantes ativos daquelas reuniões…eu próprio, de quem prefiro não comentar… kkkk e do Bola, Nildo Teixeira… com aquela sua postura de ouvinte e atento observador das manifestações e diálogo dos demais, sempre pronto para dar o seu “pitaco” nos momentos precisos, quase sempre com um sorriso maroto e com humor, mesmo quando crítico.

Isso é tudo e o melhor que captei da ALMA do Página3 e que trago nas minhas lembranças e saudades”.

(Arquivo Pessoal)

Nota da Redação: Carlos Cesário Pereira é advogado,  consultor jurídico do Página3 por longo período. Atualmente atuando como proprietário da empresa URVParking e editor das páginas “URVParking”, sobre campings, motorhomes e  trailers e  “Face to Face com a Justiça”, sobre notícias do Poder Judiciário

Leia mais matérias sobre os 30 anos do Página3

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -