- Publicidade -
21.7 C
Balneário Camboriú

Colônia

Vamos falar da Colônia, uma planta ornamental e perfumada que tem inúmeras propriedades medicinais e até as crianças adoram seu chá de cor rosa.

O nome cientifico é Alpinia zerumbet, mas também é  encontrada na literatura científica com as sinonímias de Alpinia speciosa K, Amomum nutans S, Costus zerumbet, Languas speciosa S, Zerumbet speciosum J.C.Wend, entre outras.

Ela é originária da Ásia (China e Japão), e foi trazida para o Jardim Botânico do Rio de Janeiro no século XIX, onde recebeu o nome de flor-da-redenção. Este nome é atribuído ao fato de ser esta a flor que a Princesa Isabel recebeu de presente após ter assinado a Lei Aurea em 13 de maio de 1888.

Pertence a família das Zingiberáceas, que é a mesma do gengibre e é encontrada em várias regiões do Brasil com diferentes nomes populares: Colonia, falso-cardamomo, helicondia, jardineira, alpínia, gengibre-concha, pacová, azucena-de-porcelana, flor de cera, paco-seroca,  flor da redenção..

Touceira

É uma planta herbácea, rizomatosa, que chega a 2 ou 3 metros de altura. Suas folhas são aromáticas, longas, largas e brilhantes. As flores, que surgem no verão e outono, são róseas e brancas, agrupadas em inflorescências semi-pendentes e apresentam aroma suave e agradável. O fruto é do tipo cápsula, de formato globoso e abriga diversas sementes. A propagação de Alpinia zerumbet se dá por meio da divisão de touceiras.

Planta de clima ameno, necessita de luz solar plena ou meia-sombra com pelo menos 4 horas de sol por dia. O solo indicado para o cultivo deve ser rico em matéria orgânica e apresentar boa drenagem. A Alpinia zerumbet gosta de regas espaçadas e não se dá bem com solo encharcado.

Os usos mais comuns da colônia são: para fins medicinais ou terapêuticos e como planta ornamental em projetos paisagísticos, principalmente nos espaços abertos, como em jardins de estilo tropical ou no entorno de áreas de lazer e piscinas. As flores da colônia também são utilizadas em arranjos decorativos.

Além de ornamental é muito utilizada, há anos, entre os populares devido às propriedades medicinais a ela atribuídas.

As partes da planta utilizadas  são flores, folhas, caule e  rizoma.

Propriedades medicinais: 

Antibacteriana (em conjuntivites), antiedematosa, anti-hipertensiva, anti-histérica, antiulcerogênica, anti-stress, bloqueador neuromuscular, estomacal, calmante, depressora do sistema nervoso central, digestiva, diurética, estimulante da motilidade intestinal, hipotensor, inibidora da musculatura lisa, inibidora da secreção gástrica, purificador sanguíneo, relaxadora vascular, inibidora da atividade da proteína kinase e da fosfodiesterase nucleotídeo cíclica (controla a patofisiologia das doenças coronarianas, que envolve fluxo sanguíneo e vasoconstrição), anti-oxidante, sedativa, tônica, vermífuga, abortiva.


Indicações: 

Afecção da pele, artrite, asma, catarro, cistite, diarréia, dor de cabeça, febre, hipertensão, micose de pele, pêlos e unhas; taquicardia, tosse, úlcera…

Suas folhas e raízes contêm kavaína e dehydrokavaína. Estas substâncias, segundo estudos realizados, dão à Alpinia zerumbet as mesmas atividades farmacológicas da kawa-kawa (relaxante e anti-stress).

Estudos revelam uma excelente capacidade antidepressiva, calmante e ansiolítica, favorecendo o sono e a tranquilidade. Pode ser utilizada por crianças, adultos e idosos.

Muito útil e com ação efetiva nos casos de estresse e nervosismo, insônia, bruxismo e gastrite nervosa. Além disso, a Colônia é capaz de regular a pressão arterial e evitar o surgimento de úlceras.

Inúmeras pesquisas científicas confirmam o efeito hipotensor e antifúngico da planta, assim como sua ação diurética. Também existe no mercado medicamentos a base de Alpinia zerumbet, utilizado com eficácia como tratamento coadjuvante nos estados de espasticidade muscular.

A Alpínia é uma planta rica em óleos essenciais – O Óleo Essencial é considerado “a energia vital da planta”, ou ainda como o próprio nome já diz, a sua essência. Trata-se de um líquido que contêm os compostos químicos (ativos) responsáveis pelas atividades terapêuticas das plantas em altas concentrações, tudo em um único líquido extremamente raro e precioso.

O uso do óleo essencial de Alpinia é bastante indicado para tratamento de hipertensão, sinusites e como calmantes (inalando seu aroma) e também para afecções da pele (uso tópico)

Lembre-se que todo óleo essencial deve ser diluído em base vegetal ou neutra antes da aplicação, sobretudo na pele. Verifique as instruções do fabricante do produto que adquirir, para não haver contraindicações. Outra recomendação Importante é: nunca ingerir o óleo essencial.

Foto Pixabay

Um uso popular da colônia é na forma de chá de suas flores, o chá tem uma coloração rosa e aroma agradável que as crianças adoram. Para o chá usa-se 6 flores (para adulto) e 4 flores (para crianças) esmagando-as num copo e colocando 1 xícara de agua quente por cima (infusão).

O chá das folhas e flores também pode ser usado na banheira como calmante, para bebês que têm dificuldade para dormir, ou sono muito agitado.


Toxicidade e Contra-indicações:

A Colonia é uma planta segura sem toxicidade relatada, pode ser utilizada para crianças e idosos e dentro das doses recomendadas, não apresenta efeitos colaterais.

Deve ser evitada por gestantes, pois ela tem ação de combater cólicas uterinas e tem ação sobre o útero, podendo provocar aborto. Pessoas que tem hipotensão (pressão baixa) também devem evitar o uso de Alpínia zerumbet.

Lembrando sempre que, as informações contidas nessa coluna têm caráter informativo, portanto não são utilizadas para auto-diagnóstico, auto-tratamento ou auto-medicação. É de extrema importância que você converse com o profissional de saúde que te acompanha sobre a possibilidade de incluir as plantas medicinais no seu tratamento e nenhum tratamento médico ou uso de medicação química deve ser interrompido ou substituído abruptamente pelo uso de plantas medicinais. Crianças, idosos e gestantes exigem cuidados e dosagens específicas sob algumas plantas. Consulte sempre um profissional da área.

As informações completas sobre as plantas, terapias e dicas importantes sobre tratamentos naturais, estarão sempre disponíveis na página da @banho.de.mato no instagram, mas você também pode me consultar no whatsapp sobre outras plantas e tratamentos naturais, ou enviar sugestões para as próximas publicações.

Gratidão e o desejo de saúde e bem estar a todos!

Banho de Mato – Um cuidado que vem da natureza   

Luciana Andrea – Terapeuta Natural – 47)99997.8889

- Publicidade -
Luciana Andréa
Luciana Andréa - terapeuta em construção, apaixonada pela natureza, aprendiz do conhecimento e da vida.
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -