- Publicidade -
21.7 C
Balneário Camboriú

Cúrcuma ou açafrão?

Apesar de receber no Brasil o apelido de açafrão-da-terra, a cúrcuma e o açafrão verdadeiro são duas plantas diferentes, entretanto, são bastante confundidas. O açafrão verdadeiro possui nome científico Crocus sativus e pertence à família Iridaceae. A cúrcuma é da espécie Cúrcuma longa e pertence à família Zingiberaceae, mesma família do gengibre.

O açafrão verdadeiro é também utilizado como corante, mas este é obtido a partir da flor, e não do rizoma, como no caso da cúrcuma. O açafrão verdadeiro é um ingrediente extremamente caro. Para se ter uma ideia, o quilo desse produto pode chegar a cerca de 70 mil reais. Embora tenham semelhanças na cor, depois de secos e moídos, e até no aroma e sabor, essas duas especiarias são bem diferentes entre si.

Nativa da Ásia, a cúrcuma é cultivada há mais de dois mil anos em países como Índia, China e no Oriente Médio, onde foi utilizada como corante de tecido, couro e papel, como especiaria e como remédio. Hoje, a indústria alimentícia emprega cúrcuma para colorir alimentos como manteiga, mostarda e queijos. O pó dourado também é base essencial do curry indiano.

Os antigos gregos costumavam espalhar açafrão nos teatros para perfumá-los. A cor dessa especiaria era a cor dos reis (imagino que por remeter ao dourado), e as mulheres o utilizavam para tingir seus vestidos.

Já os antigos romanos o utilizavam em seus banhos e se recostavam em almofadas recheadas de açafrão, acreditando que desse modo evitariam a ressaca e no Oriente, após a morte de Buda seus discípulos estabeleceram o açafrão como cor oficial de suas túnicas. Lá, a especiaria é símbolo de sabedoria e, como tal, faz parte dos rituais budistas.

O açafrão se espalhou pelo mundo na época das grandes navegações e chegou ao Brasil em meados do século 17. O município de Mara Rosa, em Goiás é considerado a capital do tempero – pela qualidade do produto e também pelo alto teor de curcumina presente nele.

A cúrcuma, também chamada de açafrão da terra, gengibre amarelo, açafrão, açafroa, açafrão da índia, açafroeiro da índia, batatinha amarela, gengibre dourada, mangarataia, é uma planta da família Zingiberaceae e seu nome científico é Cúrcuma longa é uma planta herbácea e perene, ou seja, apresenta caule não lenhoso e com folhas que não caem. Geralmente atinge cerca de 130 a 150 centímetros de altura. Suas folhas são grandes e apresentam cheiro agradável e também são comestíveis, ricas em proteínas e propriedades antioxidantes.

A parte mais conhecida e utilizada desta planta é o rizoma, um tipo de caule subterrâneo. É nesse caule que encontramos o corante curcumina, que apresenta uma série de propriedades farmacológicas e é responsável pela cor amarela típica dos rizomas.

O açafrão da terra (Cúrcuma) foi, durante milênios, um dos segredos mais guardados da medicina indiana. A fama de seus efeitos antioxidantes e anti-inflamatórios, no entanto, se espalhou pelo mundo e, nos últimos anos surgiram mais de 300 artigos científicos que atribuem à curcumina e aos curcuminoides, seus compostos fitoquímicos, a capacidade de combater do aumento do colesterol a problemas autoimunes e cardíacos. Mas é mesmo na briga contra o câncer que este tempero tem brilhado.

A cúrcuma apresenta importantes propriedades farmacológicas, como atividade antioxidante, antimutagênica, anti-inflamatória, antidiarreica, hepatoprotetora, antiespamódica (suprime espasmos musculares), imunomoduladora (atua no sistema imunológico), antiagregante (evita a agregação plaquetária), oftalmológica, antiviral, antifúngica e antibacteriana. Além disso, está relacionada com a redução dos níveis de colesterol, é estimuladora da vesícula, anti-histamínico, neuroprotetora…

Diante de suas propriedades farmacológicas, a cúrcuma atualmente vem sendo usada para diversos problemas de saúde:

  • Digestivo e estimulador do apetite, combate a prisão de ventre, contra acidez gástrica, gastrite, úlcera, H.Pylory, a síndrome do cólon irritável, as crises de fígado, doença de Crohn;
  • Estimulante do Sistema Imunológico, apresenta ação antibiótica e anti-histamínica, combatendo processos alérgicos com resultados parecidos com a Cortisona.
  • É um potente cicatrizante, utilizado para doenças de pele, como eczemas, psoríase e furúnculos, também por sua ação fungicida – no tratamento de micoses de unha, candidíase, frieiras.
  • Com atividade Anti-infecciosa – A decocção dos rizomas de Açafrão junto com infusões de outras espécies, administradas por via oral tem sido patenteadas como produto fitoterápico contra o vírus da hepatite B e do tipo inespecífico não-A e não-B relacionados com a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida. Ainda neste assunto, a curcumina demonstrou in vitro capacidade inibitória na replicação do HIV, com incrementos na taxa de CD4 e inibição de enzimas implicadas no mecanismo de entrada intracelular do vírus.
  • Protege o coração – O açafrão reduz gorduras e triglicérides, evita o acúmulo de colesterol “ruim”, o que protege o coração e evita que você tenha um ataque cardíaco ou derrame.
  • Evita o diabetes – Essa poderosa substância também pode prevenir o diabetes em desenvolvimento. Um estudo, feito com pré-diabéticos, incluiu o extrato de curcumina na dieta por nove meses. Um grupo realmente consumia o açafrão e o outro não. Ao final da pesquisa, nenhum dos indivíduos que recebeu as doses de curcumina desenvolveu o diabetes tipo 2.
  • Excelente anti-inflamatório com ação semelhante à Fenil-butasona e ibuprofeno, auxilia no combate as artrites, contra reumatismos,  artrose,  bursite, síndrome do túnel do carpo, esporão de calcâneo, fascite plantar, fibromialgia, bico de papagaio, hérnia de disco e todo problema  de articulação.
  • Apresenta efeitos benéficos ao sistema nervoso central, em virtude de suas propriedades anticonvulsionantes, antidepressivas, bem como neuroprotetoras, protegendo o cérebro contra doenças degenerativas, Previne Parkinson, Alzheimer e Esclerose, melhorando as funções cognitivas.
  • Com atividade Imunomoduladora  –  combate processos de alergias e auxilia nas doenças autoimunes inibindo o TH2 e modulando a atividade de  anticorpos.
  • Pesquisa realizada na Coreia mostra que a cúrcuma inibe o agente causador da gripe H1N1, gripe aviária e combate alguns grupos de vírus mais resistentes.
  • Como depurativo do sangue, desintoxica o organismo de contaminação por mercúrio, fumaças e outros poluentes.
  • Evita envelhecimento precoce – Muitos estudos indicam que essas propriedades encontradas no açafrão são atribuídas principalmente aos carotenoides – crocina e safranal – com propriedades antioxidantes e coletores seletivos de radicais livres.
  • O Centro Médico da Universidade de Maryland destacou que os antioxidantes presentes na curcumina combatem radicais livres causadores de câncer, reduzindo ou prevenindo os danos que eles podem causar no nosso organismo.
  • A medicina chinesa já utiliza o açafrão para remover inflamações nas partes interna e externa do corpo, mas a medicina ocidental também já reconheceu seus benefícios. Doutores da Universidade da Califórnia descobriram que o pigmento bloqueou uma enzima que promove o crescimento de câncer na cabeça e no pescoço. No estudo, 21 sujeitos com câncer na cabeça e no pescoço mastigaram dois tabletes contendo 1.000 miligramas de curcumina. O resultado encontrado foi que as enzimas que promoviam o câncer foram inibidas pelo composto, impedindo o avanço das células malignas e retardando processos de metástases.
  • O Brasil também tem estudos nesse campo. Na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), o professor de bioquímica José Cláudio Moreira avaliou o uso da curcumina no câncer cerebral de cobaias e constatou a diminuição de 45 a 60% dos tumores nos animais que receberam a substância, sem apresentar efeito tóxico.
  • Ainda na área da oncologia, estudiosos da Universidade Federal de Goiás (UFG) decidiram avaliar a força da curcumina frente ao melanoma, o tipo mais agressivo de câncer de pele, investigando a atuação da substância na formação de proteínas que respondem pela morte das células defeituosas. E os resultados foram promissores.
  • Pesquisadores da Malásia já haviam confirmado que a cúrcuma consegue barrar o crescimento dos tumores, evitando que se espalhem. Vários estudos mostram que ela interfere na apoptose – Apoptose é uma espécie de morte celular programada, importante para eliminar as unidades do corpo com algum defeito perigoso

                                                                               
Outros benefícios do açafrão-da-terra em estudos recentes, mostra que vale ficar de olho, por exemplo, em seu desempenho contra problemas inflamatórios intestinais e infecções mais comuns em quem passou por uma cirurgia no aparelho digestivo. Aliás, esse foi o tema do mestrado do coloproctologista Antonio José Tibúrio Alves Júnior na Universidade Estadual de Campinas, no interior  de São Paulo. “A curcumina apresentou boa resposta na preservação das proteínas do muco, responsáveis pela defesa do intestino”, relata o pesquisador.

Toxicidade da curcumina

A curcumina é uma substância que apresenta baixa toxicidade, ou seja, não causa danos à saúde se utilizada com moderação. Estudos demonstram que não é observada toxicidade em doses inferiores a 10 g por dia. Entretanto, algumas restrições devem ser feitas. Ela não deve ser usada, por exemplo, por pacientes com problemas na vesícula biliar e por pessoas que usam anticoagulantes ou antiplaquetários. A cúrcuma também intensifica a atividade de alguns medicamentos e interfere na absorção de outros, portanto, é essencial observar as interações medicamentosas sempre que utilizar algum medicamento. Também é contraindicado o uso durante a gravidez, lactação e para crianças menores que 4 anos de idade.

Seu uso em excesso pode causar dor de estômago, enjoo, fotossensibilidade, infertilidade feminina.  

Uma nota de cautela sobre o açafrão

A Curcuma longa tem um impressionante potencial antioxidante e anti-inflamatório, como já mostrado aqui. No entanto, as investigações sobre esta planta ainda se encontram em estágio inicial. O açafrão, em qualquer uma de suas formas, trata-se de uma medida preventiva. Ou seja, ele não tem propriedade para curar enfermidades e não substitui o tratamento médico adequado para cada caso. Sobre seu uso, formas e dosagens, consulte sempre um profissional da área.

Além do uso culinário e fitoterápico, a cúrcuma longa também tem seu uso fitoenergético, com inúmeras propriedades vibracionais, mas futuramente falarei sobre esta ciência e formas de aplicação.

Dicas de uso no dia a dia:

  • A cúrcuma é melhor absorvida com gordura boa. Então, em um vidro, misture-a com azeite e, após um mês, coloque sobre arroz, feijão, legumes e verduras.
  • Combine o tempero com uma pitada de pimenta-do-reino preta. A Piperina presente na pimenta preta aumenta a biodisponibilidade da curcumina em até 2000% no organismo.
  • Bata um pedaço da cúrcuma fresca com um pouco de água e leve para o congelador. Adicione esse gelo a sucos e vitaminas.
  • Seu sabor marcante e peculiar harmoniza com sementes de coentro, gengibre, noz-moscada, cravo-da-índia, pimenta caiena e cardamomo.
  • Aproveite o friozinho deste inverno e faça o Leite dourado, já deixei receita por aqui e também no instagram da @banho.de.mato.

Receita de shot de cúrcuma com limão

Ingredientes

1 colher (chá) de cúrcuma fresca ralada ou em pó

1 limão espremido

1 pitada de pimenta cayena

1 pitada de pimenta-do-reino

1/2 colher (chá) de gengibre ralado

Modo de preparo

Misture todos os ingredientes e beba em seguida. A recomendação é consumir preferencialmente pela manhã, em jejum. Pode adicionar 100ml de água morna ou temperatura ambiente se desejar.

As informações completas sobre as plantas, terapias e dicas importantes sobre tratamentos naturais, estarão sempre disponíveis na página da @banho.de.mato no instagram, mas você também pode me consultar no whatsapp sobre outras plantas e tratamentos naturais, ou enviar sugestões para as próximas publicações. Gratidão e o desejo de saúde e bem estar a todos!

Banho de Mato – Um cuidado que vem da natureza

Luciana Andrea – Terapeuta Natural – 47)99997.8889

- Publicidade -
Luciana Andréa
Luciana Andréa - terapeuta em construção, apaixonada pela natureza, aprendiz do conhecimento e da vida.
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -