- Publicidade -
21.2 C
Balneário Camboriú

Bola Teixeira sugere a educadores reforço sobre a história de Balneário Camboriú na grade curricular

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

O jornalista e historiador Nildo Teixeira (Bola) reuniu-se com um grupo de professores e supervisoras da rede municipal de ensino nesta terça-feira (22) para discutir a possibilidade de reforçar a história de Balneário Camboriú na grade curricular. O encontro aconteceu no Arquivo Histórico.

Bola e o livro que gerou a ideia (Foto Rivo Biehl)

A iniciativa vem na sequência do último livro que Bola publicou ‘Balneário Camboriú – Formação Social, Econômica e Política. 

- Publicidade -

Nesta obra ele descreve a formação social, econômica e política da cidade, a partir da construção do primeiro hotel em 1928 até 1972. No momento, Bola está pesquisando e buscando informações para o segundo volume,  que compreende o período histórico entre 1973 e 1988.

“Apresentei o livro narrando algumas passagens que eles jamais imaginariam que tivesse acontecido na cidade. O ensino de história da cidade é muito superficial, praticamente protocolar, baseado em mapas e atrações turísticas. Elas mesmo contaram que é muito difícil encontrar informações”, disse o autor.

Bola disse que o encontro foi positivo, que todas gostaram do livro e da ideia.

“Mostraram interesse em amadurecer a possibilidade de reforçar a disciplina no currículo escolar, que era basicamente minha proposta do encontro”, acrescentou, dizendo que colocou-se  à disposição para fazer palestras nas escolas.

“Quero agradecer a Sandra Barros, diretora da Secretaria da Educação, uma das mais entusiasmadas com a proposta. De resto é esperar que o assunto avance”, disse.

A diretora do Departamento Técnico-Pedagógico Sandra Barros da Silva disse que a formação foi abundante em conhecimentos trazidos pelo autor. 

“A fala dele propiciou a professores de 3º ano e supervisores escolares o acesso a fatos históricos sobre Balneário Camboriú que são de extrema relevância para quem é morador da cidade. A partir das pesquisas realizadas e registradas no livro por ele, é possível entender as circunstâncias que fizeram de Balneário uma das cidades mais importantes e conhecidas do litoral catarinense”, disse Sandra.

Sobre a proposta apresentada, ela explicou que no currículo do 3º ano da rede municipal já figura o estudo sobre a história de Balneário Camboriú, todavia o livro contém informações e fatos que vão muito além dos conteúdos escolares, o que o torna uma importante ferramenta de estudo e consulta para os profissionais da rede. 

“Estudos como este, que permitem que o aluno reconheça sua própria história e a importância do seu papel para a construção dela, vem ao encontro da Teoria Histórico-Cultural, adotada pela rede municipal de ensino há alguns anos e que atualmente vem sendo revisitada no processo de formação dos profissionais de ensino e elaboração de uma proposta curricular atualizada”, enfatizou a diretora.

- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -