- Publicidade -
- Publicidade -
17.1 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Preso um dos responsáveis por sequestro relâmpago ocorrido em Balneário Camboriú

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Balneário Camboriú, prendeu na segunda-feira (15), um dos suspeitos de envolvimento com um sequestro relâmpago ocorrido no dia 18 de fevereiro, em Balneário Camboriú. 

Relembre o caso

Um homem de 34 anos foi auxiliado pela Guarda Municipal, na manhã de 18 de fevereiro, um domingo, na Avenida Rodesindo Pavan. Ele relatou que foi sequestrado horas antes, após sair de uma casa noturna na Barra Sul. 

A vítima informou que os dois homens que a sequestraram estavam com um revólver e uma faca. Durante o sequestro, o homem permaneceu amarrado dentro do porta malas do carro dele, um Toyota/Etios, enquanto os sequestradores circulavam e faziam saques nos cartões dele. Enquanto estava refém, a vítima também foi agredida e esfaqueada na perna e finalmente foi largada em um barranco, na região das praias. O carro da vítima foi encontrado horas depois, no mesmo dia, mas os responsáveis estavam foragidos.

- Publicidade -

Investigações e prisão

Segundo a DIC, no período que ficou sob o poder dos sequestradores, a vítima foi coagida a fazer transferências de sua conta bancária que totalizaram cerca de R$ 6.000,00. Após algumas horas, os criminosos libertaram a vítima na região da Praia de Laranjeiras e fugiram levando o carro e o celular. 

A operação, que contou com o apoio da Delegacia de Itapema, resultou na prisão de um dos suspeitos, na segunda-feira (15) e na apreensão de celulares. 

O segundo suspeito permanece foragido. A investigação agora entra em sua fase final com análise do material apreendido e encaminhamento do inquérito policial ao Poder Judiciário.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -