- Publicidade -
- Publicidade -
21.7 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Dia D contra Influenza vacinou pouco mais de mil pessoas em Balneário Camboriú

Em todo o Estado cerca de 115 mil pessoas foram imunizadas, segundo o Ministério da Saúde

A Secretaria de Saúde de Balneário Camboriú imunizou 1.032 pessoas no sábado (13), Dia D contra Influenza. Além de vacinar contra a gripe, muitas pessoas atualizaram sua carteira vacinal.

Desde que a campanha começou, em 25 de março, foram aplicadas 8.533 doses, o equivalente a 17,97% da população-alvo da cidade. Os números estão muito longe da meta do Ministério da Saúde, de imunizar 90% da população dos grupos prioritários.

Em Santa Catarina, segundo dados do painel de doses aplicadas do Ministério da Saúde (MS), quase 115 mil pessoas foram imunizadas no dia. Um número considerado expressivo pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), porque foi alcançado em apenas um sábado de vacinação.

- Publicidade -

Antes do dia D, o estado contabilizava uma cobertura vacinal de 16,7% (424.488 doses aplicadas) que subiu para 20,7% (539.476 doses aplicadas), portanto bem longe da meta do Ministério da Saúde, de 90%. 

Entre os grupos prioritários, os maiores de 60 anos estão liderando a campanha com 24,26%, seguido da população indígena (22,41%) e das crianças com idade entre 6 meses e 5 anos de idade (13,59%). 

As menores coberturas são as das gestantes (12,25%) e das puérperas (11,5%).

Os dados completos da vacinação contra a gripe podem ser acessados no Painel do Ministério da Saúde (MS)

Quem pode vacinar

  • Crianças de 6 meses a menores de 6 anos;
  • Crianças indígenas de 6 meses a menores de 9 anos;
  • Trabalhadores da Saúde;
  • Gestantes;
  • Puérperas;
  • Professores dos ensinos básico e superior;
  • Povos indígenas e quilombolas;
  • Idosos com 60 anos ou mais;
  • Pessoas em situação de rua;
  • Profissionais das forças de segurança e de salvamento;
  • Profissionais das Forças Armadas;
  • Pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais (independentemente da idade);
  • Pessoas com deficiência permanente;
  • Caminhoneiros;
  • Trabalhadores do transporte rodoviário coletivo (urbano e de longo curso);
  • Trabalhadores portuários;
  • Funcionários do sistema de privação de liberdade;
  • População privada de liberdade, além de adolescentes e jovens sob medidas socioeducativas (entre 12 e 21 anos).

Até 31 de maio

A vacinação vai até 31 de maio e ocorre de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h, nas salas de vacina das UBSs. Na UBS Central, não há pausa para o almoço. Para os idosos, há também doses no Núcleo de Atenção ao Idoso (NAI), na Rua Angelina, s/n – Bairro dos Municípios. 

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -