- Publicidade -
- Publicidade -
20 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Assinatura oficial do contrato das obras de esgotamento sanitário de Camboriú será sexta-feira

Está marcada para esta sexta-feira (15), às 19h30, no Maria’s de Camboriú, a assinatura do termo aditivo do contrato que autoriza a Águas de Camboriú a assumir as obras de esgotamento sanitário da cidade. Será uma solenidade festiva e muito esperada pelos moradores de Camboriú e de Balneário Camboriú, já que irá contribuir muito com o futuro do Rio Camboriú e diretamente com a saúde pública.

Segundo a assessoria da Águas de Camboriú, o projeto de esgotamento deve investir cerca de R$ 300 milhões na cidade, ‘em um sistema moderno e sem odor’. O novo sistema contará com uma Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) de 210l/s atuando por meio do Sistema Terciário de Lodo Granulado Aeróbio. O prefeito Elcio Kuhnen havia informado ao jornal que o local da construção da ETE será anunciado no evento de assinatura da concessão.

Serão aproximadamente 500 quilômetros de tubulações instaladas nos bairros de Camboriú, coletando os efluentes de residências, comércios e edifícios. 

- Publicidade -

O projeto conta também com 31 elevatórias de esgoto, que são estruturas posicionadas geograficamente em pontos estratégicos no município e bombeiam os efluentes para a ETE. 

A previsão é de que contando do início da obra, em quatro anos, 40% da população de Camboriú esteja com esgotamento sanitário – e a cidade toda em, no máximo, 10 anos, prazo máximo estipulado pelo contrato.

O prefeito Elcio disse ao Página 3 que, a partir do dia 16 (sábado), já deve iniciar a obra nas estações de tratamento de esgoto menores. 

“Com certeza será um marco histórico e um dos maiores desejos e sonhos de quem ama essa nossa cidade e quer Camboriú mais desenvolvida. É um grande legado que se inicia para o futuro do desenvolvimento econômico e sustentável de nossa cidade e também pela ressuscitação do Rio Camboriú”, afirmou.

Dentro do projeto do novo sistema, fica acertado que a concessionária assumirá, também, as 21 ETEs já existentes em Camboriú e que pertencem a loteamentos e condomínios. Conforme a presidente da empresa, Reginalva Mureb, essa conquista é mais do que merecida para Camboriú. 

“Estamos extremamente realizados em poder contribuir dessa forma tão significativa com a história da cidade. Esse investimento é um desejo antigo da comunidade e um passo fundamental para o desenvolvimento ainda mais próspero de toda a região”, disse.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -