- Publicidade -
- Publicidade -
13 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

“Me chama que eu vou?” abre a programação de 2023 na Arthousebc em Balneário Camboriú

O documentário “Me Chama Que Eu Vou?”, que conta a história dos 50 anos de carreira do cantor, ator e dançarino, Sidney Magal, abre a programação 2023 do Circuito de Cinema, nesta quinta-feira (19), às 18h. O documentário segue em exibição até domingo (22), sempre no mesmo horário.

No mesmo dia, às 21h, retorna “Nossa Senhora do Nilo”, que traz luz a um momento muito difícil, quando a população de Ruanda passou por violência genocida, que em 1994 tomaria conta de todo o país.

“Medida Provisória”, de Lázaro Ramos com Taís Araújo, Alfred Enoch e Seu Jorge no elenco, filme brasileiro que quebrou o recorde de permanência, está na programação de domingo (22), às 16h.

- Publicidade -

O Circuito de Cinema traz para a tela da Sala Cinefilia, espaço dedicado ao cinema na Arthousebc, filmes de longa-metragem, brasileiros e estrangeiros, que estão em cartaz no circuito brasileiro de salas de cinema.

A programação fica disponível ao público de quinta-feira a domingo, em diferentes horários, com foco na projeção de filmes do circuito de arte realizados por diferentes autores, estreantes ou consolidados, reconhecidos pela qualidade estética e narrativa de suas obras.

Programação

“Nossa Senhora do Nilo”, de Atiq Rahimi (Drama – 93 min – 16 anos – Bélgica – 2019 – Pandora)
19, 21 e 22/1 às 21h
Sinopse: Ruanda, 1973. Nossa Senhora do Nilo é um conceituado colégio interno católico situado no alto de uma colina, onde garotas são preparadas para pertencer à elite ruandense. Com a proximidade da formatura, essas meninas, sejam elas hutu ou tutsi, compartilham o mesmo dormitório e dividem sonhos e preocupações. Mas em todo o país, assim como dentro da escola, antagonismos profundos ecoam, mudando a vida dessas jovens —e de toda a nação— para sempre.

Curiosidade, prêmios e Festivais: O filme é uma adaptação do romance ‘Nossa Senhora do Nilo’, da escritora tutsi Scholastique Mukasonga.
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=Hakn9tsoNJs / Direção: Atiq Rahimi / Roteiro: Atiq Rahimi / Elenco: Pascal Greggory, Albina Kirenga, Amanda Mugabekazi

“Me Chama Que Eu Vou?“, de Joana Mariani (Documentário – 70 min – 10 anos – Brasil – 2023 – Vitrine)
19 a 22/1 às 18h
Sinopse: O documentário conta a trajetória dos 50 anos de carreira de Sidney Magal. Os momentos mais significativos da vida do cantor, dançarino, ator e dublador que se tornou um ícone da música popular brasileira. O homem por trás do ídolo, sob o ponto de vista dos próprios participantes da história.

Curiosidade, Prêmios e Festival: Estreou no Festival de Gramado
Trailer: https://youtu.be/XLQdAluiiCc
Direção: Joana Mariani / Roteiro: Joana Mariani e Eduardo Gripa / Elenco: / Produção: Diane Maia / Direção de Fotografia: Anderson Capuano / Montagem: Eduardo Gripa / Som: Rodrigo Ferrante

“Marte Um”, de Gabriel Martins (Drama – 115 min – 16 anos – Brasil – 2022 – Embaúba)
21/1 às 16h
Sinopse: A família Martins vive tranquilamente nas margens de uma grande cidade brasileira após a decepcionante posse de um presidente extremista de extrema-direita. Sendo uma família negra de classe média baixa, eles sentem a tensão de sua nova realidade. Tércia, a mãe, reinterpreta seu mundo depois que um encontro inesperado a deixa se perguntando se ela é amaldiçoada. Seu marido, Wellington, coloca todas as suas esperanças na carreira de seu filho, Deivinho, que por pressão e querendo agradar o pai, segue as ambições dele, apesar de secretamente aspirar estudar astrofísica e colonizar Marte. Enquanto isso, a filha mais velha, Eunice, se apaixona por uma jovem de espírito livre e questiona se é hora de sair de casa.

- Publicidade -

Curiosidade, Prêmios e Festivais: Vencedor Prêmios do Público, Melhor Filme Narrativo de Gabriel Martins no San Francisco International Film Festival 2022
Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=UVugNbfmLQo
Direção: Gabriel Martins / Roteiro: Gabriel Martins / Elenco: Cícero Lucas, Carlos Francisco, Camilla Souza / Direção de Fotografia: Leonardo Feliciano / Montagem: Gabriel Martins, Thiago Ricarte / Som: Daniel Simitan

“Medida Provisória”, de Lárazo Ramos (Drama – 94 min – 14 anos – Brasil – 2020 – Elo Studios)
22/1 às 16h
Sinopse: Em um futuro próximo distópico no Brasil, um governo autoritário ordena que todos os cidadãos afrodescendentes se mudem para a África – criando caos, protestos e um movimento de resistência clandestino que inspira a nação.
Trailer: https://youtu.be/7GQtuTpfKt8

Curiosidade: Baseado na peça “Namíbia, Não!”, de Aldri Anunciação
Direção: Lázaro Ramos / Roteiro: Luisa Silvestre, Lázaro Ramos, Aldir Anunciação, Elísio Lopes Jr / Direção de Fotografia: Adrian Teijido / Trilha Sonora: Bernardo Adeodato / Montagem: Diana Vasconcellos

Serviço
Endereço: Arthousebc / Rua São Paulo 581-1 / Bairro dos Estados / Balneário Camboriú / SC
Ingresso: R$ 30,00 (inteira) ou R$ 15,00 (meia) à venda na bilheteria do cinema.
Bilheteria: de quinta a domingo das 14h às 22h / Dinheiro, Débito ou Crédito
Realização: Arthousebc / Comunica
filmeabre18jan – ‘Nossa Senhora do Nilo’, quinta-feira, 21h.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -