- Publicidade -
- Publicidade -
16.8 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Mundial de Beach Tennis: campeões serão conhecidos neste domingo em Balneário Camboriú

Texto: SixComm Comunicação

Os campeões da primeira etapa do Circuito Mundial de Beach Tennis que começou na quarta-feira (27), no Pontal Norte, serão conhecidos neste domingo (31). Na chave feminina, Patty Diaz (Venezuela) e Rafaela Miiller (Brasil) vão duelar pelo título da competição com as italianas Flaminia Daina e Nicole Nobile. Nenhuma das atletas, até agora, sentiu os gostinho da conquista do ITF BT400 Balneário Camboriú, disputado pelo terceiro ano consecutivo.

Na chave masculina, a conquista ficará entre as duplas Nicolas Gianotti (França) e Mattia Spoto (Itália), campeões em 2022, e André Baran (Brasil) e Michele Cappelletti (Itália). Eles disputam 400 pontos no ranking mundial e boa parte dos 35 mil dólares em premiações, na maior edição da história do torneio na cidade do litoral de Santa Catarina. 

- Publicidade -

“A primeira edição foi o melhor torneio BT400 realizado no Brasil em 2022, talvez o melhor do mundo. Ainda no ano passado, subiu a régua do nível, foi maravilhoso. Neste ano, não tenho dúvidas, está duas vezes maior que a edição anterior. Um evento muito bem organizado pela AACESC (Associação de Apoio a Cultura e Esporte de Santa Catarina), com muitas inovações, incluindo shows ao vivo à noite. Isso engrandece o esporte, com o clima típico do Beach Tennis, desde o foco dos atletas profissionais até a diversão ao redor da quadra”, afirma o presidente da Federação Catarinense de Tênis, Alexandre Farias. 

As finalistas da chave feminina do ITF BT400 Balneário Camboriú foram conhecidas ao longo do sábado (30), que teve os confrontos das quartas de final e das semifinais. A primeira dupla a garantir vaga foi Patty Diz e Rafaella Miiller, líderes do ranking mundial. Nas quartas, ainda no período da manhã, superaram Ariadna Graell (Espanha) e Elena Francesconi (Itália), em uma partida com o primeiro set disputado no limite. Depois, nas semifinais, em outro jogo complicado, conseguiram a vitória sobre Veronica Casadei (Itália) e Marcela Vita (Brasil). 

“Estamos vendo novas duplas sendo formadas e o circuito está cada vez mais difícil, com um nível cada vez mais alto. Essas duas vitórias foram muito difíceis para nós. Neste domingo (31), sem dúvida, será mais um jogo de fogo no parquinho, mas estamos muito felizes de estar nesta final”, disse a venezuelana Patty Diaz. 

A segunda dupla feminina a garantir vaga na final foi Flaminia Daina e Nicole Nobile, da Itália. Nas quartas, elas tiveram um jogo difícil diante das brasileiras Júlia Nogueira e Isadora Simões. Já pelas semis, em outro confronto diante de brasileiras, tiveram de encarar a dupla número 2 pelo ranking mundial. Sophia Chow e Vitória Marchezini não conseguiram parar as italianas, que carimbaram o passaporte para a decisão.

“Estamos muito felizes. Perdemos algumas vezes jogando contra a Sophia e a Vitória. Mas, dessa vez, deu certo a mudança na nossa preparação para enfrentá-las. Estamos jogando bem, confiantes e, neste domingo, vamos com tudo. Será um lindo jogo e espero que tenhamos pelo menos um pouco da torcida nesta partida”, disse Nicole Nobile. 

A primeira vaga na final masculina foi conquistada pelo francês Nicolas Gianotti e o italiano Mattia Spoto. Nas quartas de final, eles deixaram para trás os brasileiros João Carneiro e Lourenço Carazo. Nas semifinais, a dupla número 1 do mundo teve de mostrar muito Beach Tennis para derrotar o brasileiro Hugo Russo e o espanhol Antomi Ramos, atual dupla número 3 da atualidade pelo placar de 2 sets a 0

“Tivemos uma condição muito difícil para este jogo, com uma boa dupla que está se formando. Além disso, estamos retomando nossa confiança nesse torneio. Foi difícil chegar à final”, avaliou o italiano Mattia Spoto. 

- Publicidade -

A outra dupla finalista é formada pelo brasileiro André Baran e o italiano Michele Cappelletti. 

A dupla número 2 pelo ranking mundial teve um confronto desgastante neste sábado (30). Nas quartas de final, chegou a sair atrás diante dos brasileiros Daniel Mola e Giovanni Cariani, campeão da edição do ano passado do torneio. Porém, alcançaram a reação e venceram por 2 sets a 1. Depois, fechando a noite, o jogo das semifinais foi mais tranquilo. Diante de compatriotas, da dupla Victor Gonzaga (Brasil) e Diego Bollettinari (Itália), conseguiram encontrar o caminho até a grande decisão. 

“A dupla Nicolas Gianotti e o Mattia Spoto é a favorita. Estamos em uma crescente na competição e enfrentamos várias dificuldades no torneio. Nesta semifinal conseguimos fazer um bom jogo, que foi mais difícil do que pareceu. Isso mostra que estamos bem e nossa parte mental está forte. Neste domingo teremos uma grande partida. Vamos com tudo nessa atmosfera maravilhosa”, falou o catarinense André Baran após a conquista da vaga na final. 

Todos os jogos deste domingo (31) terão transmissão ao vivo do Programa Play BT, canal do YouTube especializado em Beach Tennis. 

Complexo com estrutura de alto nível

Além das grandes estrelas do Beach Tennis mundial em ação, o ITF BT400 Balneário Camboriú impressiona o público com sua grande estrutura. Em sua terceira edição, realizada novamente na Barra Norte da Praia Central, o complexo praticamente dobrou de tamanho em relação aos anos anteriores.
São 22 quadras no total e mais a Quadra Central, com arquibancadas. No local diferentes opções de alimentação e muitos expositores, que apresentam lançamentos voltados à modalidade.
Com a assinatura da AACESC (Associação de Apoio a Cultura e Esporte de Santa Catarina), é uma das maiores estruturas montadas para um torneio do Circuito Mundial de Beach Tennis na história.
O ITF BT400 Balneário Camboriú faz parte do Circuito Mundial de Beach Tennis e tem a chancela da International Tennis Federation (ITF), Confederação Brasileira de Tênis (CBT) e da Federação Catarinense de Tênis (FCT). O torneio conta com o patrocínio do Banco BRB, SpeedMax, Construtora CN, Grupo Koch, Unimed Litoral, Colcci Sport, Dropshot, GWM/Dimas, VR Sports, Digitalsat, Endorfina, Blumenau Iluminação, RVB Malhas, Interfertil, Monster Energy, Coca Cola, Mili, Perico, Unifique, Da Colônia, É Pra Chá, WickBold, Packform e Banana Brasil, além do apoio institucional da Prefeitura Municipal de Balneário Camboriú e da Fundação Municipal de Esportes de Balneário Camboriú. O evento é uma realização da AACESC (Associação de Apoio a Cultura e Esporte de Santa Catarina).


Para receber notícias do Página 3 por whatsapp, acesse este link, clique aqui




- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -