- Publicidade -
- Publicidade -
27.9 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Dengue em Balneário Camboriú: vereador sugere situação de emergência e prefeitura prepara mutirão de combate

Dia D de Mobilização será neste sábado, 13, na região central, Praça do Pescador, Rodoviária e bairros

A Secretaria Municipal de Saúde está preparando um mutirão de combate à dengue, neste sábado (13), com esperança de amenizar a situação, porque os números continuam crescendo por todo o município.

O secretário de Saúde, Omar Tomalih disse que é fundamental a participação da população nesse combate, porque todas as ações que estão em andamento, como mutirões, visitas domiciliares, vistorias, aplicações de fumacê, campanha nas escolas e outras não são suficientes para impedir a proliferação do mosquito vetor.

“Mesmo botando 500 agentes nas ruas, não vamos conseguir controlar se a população não ajudar, porque cada um tem que cuidar do seu espaço, observar o seu jardim, a sua calçada, o pátio, verificar poças de água após a chuva, eliminar vasos com água dentro de casa, enfim, a vigilância tem que ser de todos”, detalhou Tomalih.

Situação de emergência

A gravidade da situação levou o vereador Eduardo Zanatta a encaminhar na sessão legislativa de terça-feira (9), uma indicação pedindo que o município decrete situação de emergência na saúde.

“A cidade vive um surto de dengue e precisamos de medidas efetivas para enfrentá-las. Os agentes de endemias estão atuando junto a fiscalização de posturas, mas precisamos ir além disso. Com o decreto de emergência, Balneário Camboriú poderá acessar novos recursos garantindo medidas mais ágeis e efetivas para enfrentar o problema, assegurando a saúde e melhoria da qualidade de vida dos munícipes”, afirma Eduardo.

- Publicidade -

Mutirão: como será?

A concentração dos participantes será a partir das 9h, na Praça Higino João Pio. No local serão distribuídas camisetas personalizadas e o material para a panfletagem. 

A distribuição de panfletos, junto com orientações, será feita em avenidas movimentadas da cidade, além de pontos como Barra Sul, Pontal Norte, Praça do Pescador e rodoviária.

O departamento de Vigilância Ambiental também estará fazendo mutirões na Região Central, com agentes visitando casas e lojas, para orientar sobre cuidados que precisam ser tomados. 

Na véspera do Dia D, a aplicação de fumacê será organizada em ruas do Bairro dos Municípios.

Prevenção

A dengue é transmitida pela picada da fêmea do mosquito Aedes aegypti infectada com o vírus. A principal medida de prevenção da doença é eliminar os criadouros do mosquito.

  • Evite usar pratos nos vasos de plantas. Se usar, coloque areia até a borda;
  • Guarde garrafas com o gargalo virado para baixo;
  • Mantenha lixeiras tampadas;
  • Deixe os tanques utilizados para armazenar água sempre vedados, sem qualquer abertura, principalmente as caixas d’água;
  • Trate a água da piscina com cloro e limpe-a uma vez por semana;
  • Mantenha ralos fechados e desentupidos;
  • Lave com escova os potes de comida e de água dos animais, no mínimo uma vez por semana;
  • Retire a água acumulada em lajes;
  • Limpe as calhas, evitado que galhos ou outros objetos não permitam o escoamento adequado da água;
  • Dê descarga, no mínimo uma vez por semana, em vasos sanitários pouco usados e mantenha a tampa sempre fechada;
  • Evite acumular entulho, pois podem se tornar criadouros do mosquito.

Sintomas

Pessoas com dois ou mais sintomas como: cefaleia, dor no corpo e atrás dos olhos, manchas vermelhas na pele, febre alta e cansaço, devem procure atendimento imediatamente. Balneário Camboriú possui três unidades 24h de portas abertas à população que precise de atendimento urgente: PA da Barra (Rua Jardim da Saudade, nº 1500 – Bairro da Barra), UPA Nações (Rua Israel, nº 205 – Bairro das Nações) e Pronto Socorro do Hospital Ruth Cardoso (Rua Angelina, s/n – Bairros dos Municípios).

Moradores da cidade com cadastro atualizado em Balneário Camboriú podem procurar atendimento no Centro de Referência de Atendimento à Dengue (Avenida Palestina, nº 150 – Nações) ou na Unidade Básica de Saúde mais próxima. Lá, passarão por triagem que definirá o nível de urgência para atendimento.

- Publicidade -

Após a triagem, há o atendimento clínico, quando o paciente . é avaliado por um médico, que poderá prescrever o exame de sangue para definir se está com dengue.

Em caso positivo para a doença, remédios para alívio de sintomas são prescritos, além de hidratação e repouso. Em caso de piora no quadro, o recomendado é retornar à unidade.

Denúncia de locais com suspeita de foco do mosquito, entrar em contato com a Ouvidoria Municipal nos números: (47) 3267-7024 e (47) 9 9982-1979 (WhatsApp) ou no 0800 644 3388.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -