- Publicidade -
- Publicidade -
22.8 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Deficientes visuais de Balneário Camboriú terão acesso a equipamento gratuito que a prefeitura está comprando

Cadastro começa segunda-feira, 15, na Casa da Família

A prefeitura de Balneário Camboriú está adquirindo dispositivos de tecnologia visual assistiva, através do uso da inteligência artificial, para beneficiar pessoas cegas ou de baixa visão, de todas as idades, que residem na cidade. 

Os equipamentos de tecnologia israelense, permitem o acesso fácil e instantâneo a informações em tempo real, com transmissão por áudio. 

O prefeito Fabrício Oliveira disse que para pessoas com cegueira e com baixa visão, é uma revolução. 

- Publicidade -

“Estamos adquirindo, agora, equipamentos que utilizam inteligência artificial da mais alta tecnologia para permitir que pessoas que não enxergam possam ter o privilégio de ler um livro, reconhecer o rosto de uma pessoa querida, identificar cores e objetos. E tudo isso gratuitamente”, disse o prefeito.

O dispositivo chamado OrCam MyEye é discreto e fica acoplado na haste de um óculos comum. O aparelho possui uma câmera inteligente que é capaz de ler instantaneamente textos de qualquer superfície, incluindo rótulos, cédulas de dinheiro, produtos,  e até mesmo a identificação de rostos e cores. Além disso, sua velocidade pode ser controlada, possibilitando a leitura de 100 a 250 palavras por minuto, conforme a preferência de quem o utilizar.

O aparelho pesa apenas 22 gramas, é do tamanho de um dedo e se conecta a todo tipo de armação de óculos. 

A tecnologia foi criada em Israel em 2015 e é capaz de transformar textos de livros ou de qualquer superfície, como um cardápio, em voz alta e sem necessitar de conexão à internet.

A secretária da Inclusão Social,  Christina Barichello explicou que haverá avaliação e acompanhamento, bem como treinamento e orientação para o manuseio.

“Além das pessoas beneficiadas com acesso integral aos dispositivos, o município de Balneário Camboriú também irá disponibilizar na Biblioteca Pública Municipal uma unidade do aparelho, para os visitantes do local que tenham interesse em utilizá-lo”, disse a secretária.

Além disso, os pontos turísticos também serão procurados para fazer uma parceria para que moradores e visitantes também possam utilizar o equipamento.

- Publicidade -

Como participar

Christina explicou que pessoas portadoras de deficiência visual de todas as idades serão inscritas no programa Proteção Global (vinculado à Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social) para que possam receber um acompanhamento profissional integrativo, com uma equipe multidisciplinar de assistentes sociais, pedagogos e psicólogos. 

Após avaliação, os participantes que se enquadrarem nas demandas da ação serão contemplados com uma unidade do dispositivo de tecnologia visual em regime de comodato.  Posteriormente, receberão acompanhamento para o período de adaptação e realização de ajustes quando necessários. 

As inscrições iniciam na segunda-feira (15), na Casa da Família.

A entrega das unidades adquiridas pelo Município está prevista para o primeiro semestre, mediante o cadastro dos interessados nas Secretarias de Educação e de Inclusão e Desenvolvimento Social.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -