- Publicidade -
- Publicidade -
20 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Balneário Camboriú recebeu 1,5mi de turistas no verão 

Secretário de Turismo diz que agora foco é na qualidade e não quantidade

O verão terminou oficialmente na última quarta-feira (20). Segundo dados da coleta de lixo em Balneário Camboriú entre dezembro/2023 e fevereiro/2024, mais de 1,5 milhão de turistas estiveram em Balneário Camboriú. 

O secretário de Turismo, Thiago Velasques, acredita que o número pode ser maior e que pode chegar a 2 milhões.

Ele explica que o cálculo que chegou a 1,5 milhão de turistas é baseado na produção média de lixo domiciliar por pessoa, descontando a produção do número de habitantes (139.155/IBGE 2022). 

- Publicidade -
Reveillon foi recorde de público e paralisou o trânsito, causando transtornos e comentários negativos (Divulgação/PMBC)

O mês com mais visitantes foi janeiro: 591.597, seguido por dezembro (480.119) e fevereiro (465.478). 

“O dado de 1,5 milhão de turistas é baseado na estatística da coleta de lixo, que não é tão precisa, porque não mede a questão do turista passante, que é aquele que vem, fica um dia, não se hospeda na cidade, mas veio, como ainda os turistas dos cruzeiros, e essa temporada foi a de recorde de público. Não é uma estimativa tão precisa. Já para essa próxima temporada 2024/2025 vamos contratar um sistema mais preciso. Acredito que se a taxa de lixo deu 1,5 milhão, tranquilamente passou de 2 milhões”, diz.

Uma nova pesquisa terá resultado no fim deste mês, que foi realizada pela Costa Verde & Mar (Balneário também fez uma pesquisa na praia, mas cedeu os dados para a CV&M). 

O secretário explica que o governo municipal e os empresários ligados ao turismo veem que é ‘maravilhoso’ os altos números de turistas, e que a vinda de muitas pessoas é ‘ importante’, porém, mais do que isso, o foco é a qualificação do turista. 

“A meta não é mais a quantidade e sim a qualidade. É isso que buscamos na divulgação, na estratégia da cidade, nos projetos de futuro. Queremos justamente encontrar o turista ideal – aquele que vem com a família, que tem ticket-médio alto, para que não tenhamos uma quantidade exorbitante de pessoas e que não seja possível dar conta de entregar qualidade”, comenta.

Velasques aponta que Balneário Camboriú é um destino que vai muito além das praias e que já é uma cidade para o turista permanecer entre cinco e sete dias, e que isso consequentemente qualifica o turista – que reserva mais dinheiro para ficar na cidade e assim aproveitar os novos restaurantes e atrativos. 

“Balneário Camboriú é para todas as classes sociais, mas queremos buscar qualificação para girar mais a economia da cidade também. Deveremos ter mais detalhes com as pesquisas que chegarão em breve. O verão acabou, mas Balneário Camboriú é um destino do ano todo – o Centro de Eventos está com calendário de eventos, a cidade espera receber um grande fluxo de turistas, e a estratégia que vamos buscar é aumentar o número de turistas durante o ano e qualificar o público – é isso que buscaremos em nossas parcerias e projetos”, completa.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -