- Publicidade -
26 C
Balneário Camboriú

Em duas semanas toda tubulação deverá ser retirada da Praia Central de Balneário Camboriú

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

A retirada dos 440 tubos utilizados na obra de alargamento da Praia Central começaram a ser retirados nesta terça-feira (9) e a previsão da empresa responsável é concluir esta etapa em 15 dias.

Os tubos de 12 metros cada foram usados dentro e fora do mar e todos que estão ao longo da avenida Atlântica serão transportados até o Pontal Norte e de lá retirados por carretas, que serão escoltadas até a BR-101 por agentes de trânsito. Toda operação será feita durante o dia.

O trabalho segue com acabamentos em toda a orla.

Segundo informações da assessoria do prefeito Fabrício Oliveira em alguns pontos é necessário fazer terraplanagem; ajustes de degraus que se formaram com o depósito da areia e o nivelamento da areia com o calçada. Depois de todo acabamento pronto, será feita a aeração da areia.

- Publicidade -

O escritório de arquitetura Índio da Costa está entregando a primeira fase do projeto de reurbanização da nova praia.

A reurbanização será feita somente no ano que vem, mas nesta temporada, a prefeitura pretende apresentar uma pequena amostra do que pretende fazer.

A nova praia

- Publicidade -

A Praia Central tem 5,8km de extensão, do Pontal Norte ao Pontal Sul e quase triplicou a largura da areia: de 25 para 70m. em média.

A draga Galileo Galilei começou a trazer areia da jazida localizada a 15km da costa no dia 22 de agosto, após uma solenidade no Atracadouro Tedesco, na Barra Sul.

No dia 31 de outubro, ela despejou a última descarga, fechando quase 70 dias de trabalho (a draga fez duas paradas de três dias para abastecimento)

O prefeito Fabrício Oliveira comemorou o final desta etapa, dizendo que foram quase 3 milhões de metros cúbicos trazidos para formar a nova praia.

“Esta obra é o maior alargamento da América Latina”, comemorou.

Histórico

  • Discussão em torno da necessidade do alargamento começou no início dos anos 90.
  • Em 2001 foi realizado um plebiscito, indicando aprovação de 71% da população.
  • Em 2018, após a concessão da Licença Ambiental Prévia, estudos foram contratados em cumprimento das 42 condicionantes;
  • Em 15/12/2020 foi autorizada a Licença Ambiental de Instalação da recuperação da faixa de areia da Praia Central de Balneário Camboriú;
  • Em 18/12/2020 foi assinado o contrato com o Consórcio DTA / Jan De Null, vencedor da licitação.
- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -