- Publicidade -
- Publicidade -
17.1 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Economia na Semana

Valores a receber 

Os brasileiros ainda não sacaram R$ 7,79 bilhões em recursos esquecidos no sistema financeiro até o fim de fevereiro, segundo o Banco Central (BC). Até agora, o Sistema de Valores a Receber (SVR) devolveu R$ 6,2 bilhões, de um total de R$ 14,02 bilhões postos à disposição pelas instituições financeiras. As estatísticas do SVR são divulgadas com dois meses de defasagem. Em relação ao número de beneficiários, até o fim de fevereiro, 19 mil correntistas haviam resgatado valores. Isso representa apenas 30% do total de 63 mil correntistas incluídos na lista desde o início do programa, em fevereiro de 2022. 

Nazismo em SC 

- Publicidade -

O Conselho Nacional de Direitos Humanos (CNDH), órgão vinculado ao Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania, acionou a Organização das Nações Unidas para fazer um alerta sobre o aumento de movimentos neonazistas no Brasil. No informe, que será apresentado na 56ª Sessão do Conselho de Direitos Humanos da entidade, entre junho e julho, constam casos em SC e um estudo feito pela antropóloga Adriana Dias, que morreu em 2023, mostrando que Blumenau, de 365 mil habitantes, tem 63 células neonazistas, enquanto a cidade de São Paulo, com 12 milhões, tem 96. A propósito, o CNDH está enviando uma comitiva a SC para fazer oitivas com possíveis vítimas, autoridades e especialistas. O roteiro deve incluir Blumenau e Florianópolis. As informações levantadas se juntarão ao relatório que será enviado à ONU. 

Ressuscitada 

Criada em 1994 e sem jamais ter saído do papel, a Zona de Processamento de Exportação (ZPE) de Imbituba está ressuscitando. O governo estadual autorizou lançamento de edital para busca de empresa interessada em realizar estudos para identificar propostas de soluções para a construção da estrutura física, operação, manutenção, gestão e exploração privada. O governador catarinense ficou maravilhado com as zonas econômicas especiais que viu em recente viagem aos Emirados Árabes. 

Carro híbrido 

Atento à maior procura por veículos eletrificados, a BMW Group anunciou que vai fabricar na planta de Araquari, em SC, o SUV X5 Híbrido Plung-in, um carrão tecnológico que custará ao consumidor a partir de R$ 740 mil. O CEO da BMW Group na América Latina disse que a decisão foi baseada na demanda do mercado e assim será, também, sobre montagem de carro elétrico no futuro. Além das tecnologias avançadas da companhia, esse híbrido conta com motor à combustão e um motor elétrico com autonomia de até 110 quilômetros. Atualmente, a fábrica de Araquari monta os modelos BMW Xi, X3 e X4 e o sedan Série 3. Ela contratou mais 50 colaboradores no começo deste ano para ampliar a produção em 10% e chegar a 11 mil unidades. Esse híbrido será montado a partir do quarto trimestre deste ano. 

Impulso 

Alcançar maior produtividade pode ficar mais fácil se a pequena indústria contar com programa especial que ajuda inclusive com crédito. É isso que oferece o Novo Brasil Produtivo, programa do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços desenvolvido em parceria com o Senai e o Sebrae. Essa nova etapa do programa prevê investimentos de R$ 2 bilhões para apoiar a digitalização e outras iniciativas inovadoras de 200 mil indústrias brasileiras. Durante a apresentação do programa em Florianópolis, com a participação do presidente da Fiesc e do diretor técnico do Sebrae-SC, foi destacado que empresas de SC que participaram da primeira etapa do programa conseguiram ganhos de produtividade superiores a 35% nos processos produtivos. 

- Publicidade -

Engie e WEG testam 

As empresas Engie Brasil Energia e WEG realizaram teste inédito no Brasil para avaliar a eficiência de turbina eólica totalmente nacional instalada em Tubarão, no sul do Estado. Elas fizeram o “ensaio de afundamento de tensão” para avaliar a capacidade da turbina de permanecer conectada à rede em uma instabilidade. O ensaio foi no primeiro aerogerador nacional, com potência de 4,2 MW, maior projeto de pesquisa e desenvolvimento (P&D) da Engie, de R$ 80 milhões, desenvolvido em parceria com a WEG, Celesc e a Aneel. Esses testes, no futuro, serão exigidos do Operador Nacional do Sistema Elétrico (NOS). 

Supermercados entre os maiores 

Vinte das maiores redes de supermercados do Brasil são de Santa Catarina. Isso é o que revela o mais novo ranking da Abras, associação nacional do setor, divulgado durante o Smart Market 2024, encontro em São Paulo que reúne lideranças do varejo alimentar de todo o Brasil. O levantamento anual considera o faturamento bruto registrado pelas empresas em 2023. Este grupo de representantes catarinenses faturou R$ 39,2 bilhões no último ano. O principal destaque foi o Koch, dono da bandeira Koch e Komprão, que ganhou três posições e pela primeira vez aparece no top 10 do ranking, justamente na 10ª posição, com vendas de cerca de R$ 8 bilhões. O levantamento ainda conta com outros gigantes do setor, como o Grupo Pereira, que manteve a sétima colocação geral (embora tenha sede em São Paulo, a empresa nasceu em Itajaí na década de 1960). Marcas de peso, como Giassi, Angeloni e Mundial Mix (dono das bandeiras Imperatriz e Brasil Atacadista), perderam posições no ranking. 

Barbie no Brasil 

Santa Catarina virou porta de entrada da Barbie no Brasil. Sem alarde, a Mattel, uma das maiores fabricantes de brinquedos do mundo, entre eles a famosa boneca que até já virou filme em Hollywood, começou a operar um centro de distribuição em Navegantes. A estrutura abrange uma área de 21 mil m2, com capacidade de armazenamento de 33 mil metros cúbicos e 20 mil paletes. Além das bonecas Barbie, o novo CD ainda é ponto de partida para o país de produtos das marcas Hot Wheels, Fisher-Price e Uno (jogo de cartas), que também pertence à gigante americana. A escolha por Navegantes foi estratégica levando em consideração a localização e o fácil acesso aos portos, incluindo além do terminal da própria cidade, também Itapoá, segundo o executivo da Mattel. Essas estruturas facilitam o escoamento dos produtos, que chegam do exterior. 

VARzea

O Brusque foi impedido pela arbitragem de Ramon Abatti Abel e pela condução de Rodrigo d’Alonso Ferreira no VAR, de ter a possibilidade de conquistar o Catarinense 2024. Todo mundo sabe. Todo mundo viu. Claro, sempre haverá quem tente enganar a si ou a alguém. Quem, queira forçar a barra, tentando limpar uma mancha indelével, para comemorar o título como se não houvesse contestação. Mas os malabarismos de argumentos e as tirações de onda não duram dois segundos de trocação com a realidade. Não se sustentam. O circo visto em Criciúma no último sábado, dia 6, esvazia o debate sobre o que foram os jogos da final dentro de campo. Os pênaltis não marcados foram decisivos. Foram os lances da final a serem eternizados. Foram os gols do título do Criciúma. 

Rodovias federais em SC 

O superintendente regional do DNIT em SC avaliou que seriam necessários R$ 1 bilhão por ano nos próximos três anos em investimentos nas rodovias federais sob a responsabilidade do órgão para melhorar significativamente a trafegabilidade e a qualidade das vias. A estimativa levou em conta investimentos em obras já em andamento, novos investimentos já em fase de projeto e também a recuperação e manutenção de rodovias por todo o estado de SC. É muito importante que as entidades representativas se manifestem e chamem a atenção para os gargalos e problemas para a necessidade de continuidade e finalização de obras, para que possamos ter essa previsibilidade de recursos. 

Fragilidades municipais 

Levantamento do Tribunal de Contas do Estado expõe as imensas fragilidades (melhor seria dizer incompetências ou omissões) nas políticas públicas de assistência social nas prefeituras catarinenses. Constatou haver saldos financeiros, disponíveis em caixa, não utilizados. Nos valores de R$ 57,9 milhões nos Fundos da Pessoa Idosa e R$ 159,8 milhões no da Infância e Adolescência. Inacreditável. 

Mais segurança 

Vem aí mais uma reação aos trágicos ataques a escolas de Saudades e Blumenau: foi admitida na Assembleia Legislativa uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para permitir que as ações desenvolvidas pelo governo estadual relativas à segurança escolar se estendam também à rede pública de educação infantil, de responsabilidade dos municípios, como creches e pré-escolas. 

Grande feito 

Ao defender, em projeto de sua autoria, a reintrodução do nome da cidade e do Estado nas placas dos veículos em todos os países do Mercosul, o senador Amin (SC) não respondeu a uma pergunta de alguns milhões de brasileiros: a tal placa única, que os proprietários de veículos pagam, foi o “grande feito” do bloco? Parece que sim, por ser visível a todos. Na Europa se trafega por dezenas de países do bloco sem que se seja importunado por ninguém, em qualquer fronteira. Aqui se perdem até horas para carimbar papéis diante de servidores públicos mal educados, quando não corruptos. 

Alemães na Amve

Água potável e saneamento, prevenção de desastres, reconstrução dos municípios afetados por fenômenos climáticos, turismo e cultura foram identificados como prioridades fundamentais durante uma reunião realizada dia 5, na Associação de Municípios do Vale Europeu (Amve). O encontro contou com a presença de prefeitos da região e de 23 membros da delegação do Distrito de Karlsrube, na Alemanha. O propósito do encontro foi estreitar o diálogo entre lideranças políticas do Vale Europeu e do distrito alemão, visando promover parcerias direcionadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Durante a reunião, líderes alemães e brasileiros concordaram sobre a necessidade de implementar projetos conjuntos nas áreas de proteção e Defesa Civil, principalmente devido aos efeitos climáticos que têm aumentado a frequência de fenômenos naturais no Vale Europeu, em especial durante períodos de fortes chuvas. Sem dúvida, este é um dos pontos críticos que podemos discutir amplamente e buscar ajuda em conjunto, destacou o prefeito atual de Blumenau. A comitiva retorno à Alemanha, dia 9. 

Mapa do Turismo 

O Mapa do Turismo Brasileiro, um instrumento do Programa de Regionalização do Turismo, desempenha um papel crucial na definição das áreas prioritárias para o Ministério do Turismo, guiando o desenvolvimento de políticas públicas voltadas para o turismo em nível regional. A categorização dos municípios turísticos e o acompanhamento de variáveis econômicas são apenas alguns dos benefícios proporcionados pelo Mapa. Ao fazer parte do Mapa do Turismo, os municípios têm acesso a investimentos prioritários do Ministério do Turismo, incluindo ações de infraestrutura, qualificação profissional e promoção de destinos. Esses recursos são fundamentais para impulsionar o desenvolvimento da atividade turística e potencializar o encontro local. Guabiruba acaba de receber a certificação no Mapa do Turismo Brasileiro. 

Cesta básica 

Em março, a cesta básica de Brusque custou R$ 645,58 tendo registrado uma queda de -1,34% em relação ao mês anterior. A queda do preço registrada na cidade acompanha o movimento verificado em sete capitais das 17 pesquisadas pelo Dieese, sendo que as reduções mais expressivas foram observadas em: Rio de Janeiro (-2,47%), Porto Alegre (-2,43%), Campo Grande (-2,43%) e Belo Horizonte (-2,06%). Nas demais capitais foram registradas elevações em relação a fevereiro, sendo que os maiores aumentos foram verificados em Recife (5,81%), Fortaleza (5,66%), Natal (4,49%) e Aracaju (3,90%). 

Boa ideia 

Diante da imensa confusão criada pelo governo que anunciou seu adiamento diante de derrota iminente no Congresso, foi apresentado projeto de lei estabelecendo que o transporte privado individual de passageiros por aplicativo, como Uber e 99, seja exclusivo de motorista cadastrado como MEI. Determina ainda que as plataformas só poderão cobrar até 25% do valor das viagens realizadas. Hoje esse percentual pode chegar a 40%, dependendo do tempo e da distância da corrida. 

Bombeiros voluntários 

Merecidíssima a sessão especial promovida pelo Legislativo catarinense, pela passagem dos 30 anos da Associação dos Bombeiros Voluntários do Estado. A entidade reúne 32 unidades em 52 municípios, contando com mais de 5 mil membros, dos quais 90% voluntários. Quanto ao combate a incêndios, somente em 2023 eles atenderam 3.200 ocorrências, salvando vidas e preservando bens materiais. A propósito, o Senado vai agendar audiência pública para debater o projeto de lei 1.355/2023 que regulamenta as atividades de bombeiros voluntários. Prevê regras para eles atuarem de forma autônoma ou em conjunto com o poder público nas ações de defesa civil, busca, salvamento e controle de incêndios, dentre outras áreas. 

Vara de garantias 

Pioneiro na criação de uma unidade designada como vara de garantias no Brasil, em dezembro, em Rio do Sul, o Judiciário de SC instalou uma segunda, em Balneário Camboriú. O juiz de garantias controla a legalidade dos procedimentos de investigação ao zelar pelos direitos individuais dos investigados. Muitos operadores do Direito dizem ser dispensável e dispendiosa para o já caro Judiciário tupiniquim. Sua competência perdura por toda a fase do inquérito policial e se encerra somente após o oferecimento (ou não) da denúncia, cuja análise passa a ser da competência do juiz de instrução. 

Investigação 

A Prefeitura de Brusque abriu um processo administrativo para investigar o motivo da destruição em parte da nova Beira-Rio, após a enchente de 2023. O Executivo recebeu uma denúncia de possível irregularidade durante o processo de contratação da empresa e execução da obra. A portaria, publicada no Diário Oficial dos Municípios cria uma comissão formada por três servidores para apurar os danos. Um relatório será produzido dentro de 60 dias, prazo que pode ser prorrogado a pedido da comissão. 

Inauguração da avenida 

A Beira-Rio exerce a função de canal extravasor de cheias. A nova Beira-Rio foi inaugurada em agosto de 2022. O ato fez parte da programação dos 162 anos de Brusque. A primeira experiência da avenida como canal extravasor de cheias ocorreu antes da inauguração, em 2021. Não foram registrados danos naquela ocasião. A enchente de 2023 causou danos nas três avenidas Beira-Rio. Os estragos mais significativos, porém, foram registrados no trecho ampliado recentemente, na margem esquerda. O nível do rio Itajaí-Mirim chegou a marcar 8,96 metros. Trata-se da terceira maior enchente registrada em Brusque. As calçadas das três avenidas foram destruídas. 

Escola de Costura 

A Associação das Micro e Pequenas Empresas de Brusque e Região, em parceria com a Prefeitura Municipal, promoveu a formatura de mais um curso para costureiras. Participaram do projeto Escola de Costura 74 pessoas que receberam os certificados de conclusão do curso. O curso, o primeiro a ser concluído neste ano, já formou quase mil profissionais nesta área. 

Métodos alternativos 

A arbitragem, a conciliação, a mediação e a negociação podem ser usadas por qualquer empresa ou pessoa física. Uma exigência fundamental para aplicação desses métodos é que as partes envolvidas concordem livremente com seu uso. A conciliação, a mediação e a negociação têm aplicação ampla, abrangendo desde contratos comerciais até conflitos de família. Embora não exista lei específica que regulamente esses três mecanismos, especialistas geralmente entendem que eles não podem ser aplicados para resolver questões de direitos aos quais não se pode renunciar, como discussões tributárias, e em que o estado figure como poder público. Na área penal, sua aplicação está restrita a infrações de menor potencial ofensivo (com penas máximas de até um ano) e só podem ser feitas no âmbito dos Juizados Especiais Criminais. Já a arbitragem trata somente de discussões sobre direitos relativos a patrimônio e que podem ser negociados e transacionados livremente, estando em geral vinculados a um contrato. 

Sucesso financeiro 

Você já parou para pensar que o sucesso financeiro pode estar mais associado aos hábitos do dia a dia do que aos conhecimentos técnicos sobre o tema? A psicologia financeira tem se debruçado sobre o estudo do comportamento das pessoas e vem constatando como as emoções impactam na relação com o dinheiro. O livro “Psicologia financeira” lançado em 2020, como uma referência a muitos dos comportamentos e o dinheiro. O autor afirma que o sucesso financeiro é uma habilidade pessoal e que é muito mais sobre algo pessoal do que ciência ou técnica. O dinheiro nos permite realizar sonhos, desejos, experiências e ter tranquilidade. O dinheiro também nos permite tempo, outro ativo valioso. Estar mais com a família, cuidar mais da saúde, pegar os filhos na escola ou ter uma vida mais tranquila. Tempo! E tempo é dinheiro! 

Para anotar e se inspirar 

São 4 dicas objetivas para facilitar a mudança de hábitos e ressignificar a relação com o dinheiro, pautadas no comportamento: 1 – Gaste menos do que ganha; 2 – Tenha reserva de emergência; 3 – Invista de forma consistente e escolha investimentos de acordo com as suas metas e não apenas em investimentos com resultados passados; 4 – Aprenda a se beneficiar dos juros compostos, a magia dos juros sobre juros. Sempre que possível, aumente os valores dos aportes e inicie o mais breve possível. Construa o hábito de investir o quanto antes. 

Escola Cívico-Militar 

Dia 5 de abril, a Prefeitura lançou o Programa Municipal de Escola Cívico-Militar de Brusque. Os eventos ocorreram em duas escolas municipais. Conforme o novo chefe do programa, o tenente Amaral da reserva do Exército brasileiro, a ação foca em resgatar princípios de responsabilidade, ética e respeito. O programa se baseia em alguns pilares, o primeiro, é que a escola não é um quartel e o aluno não é um soldado, e o segundo é o projeto valores, que visa resgatar esses princípios. Isso inclui combater o preconceito, bullying e cyberbullying. 

Imigração alemã no Brasil 

Na noite do dia 4 de abril, na Sociedade Recreativa Guabirubense, aconteceu a celebração dos 200 anos da imigração alemã no Brasil. Para celebrar a data foi realizada uma cerimônia que contou com apresentações culturais e um jantar para os presentes. Entre os convidados especiais estava a delegação oficial do estado alemão de Baden-Wuertemberg, região de origem de muitos imigrantes catarinenses da década de 1860. A imigração alemã fez uma grande diferença em SC e é necessário reconhecer isto. Quem não tem passado, não tem futuro. 

Não à censura 

O Conselho Estadual de Cultura deve encaminhar à Secretaria de Estado da Educação e ao governador uma recomendação para que evite qualquer ação acerca do livro “O avesso da pele”, de Jeferson Tenório, retirado da lista de materiais didáticos utilizados pelos alunos da rede pública de ensino médio do Paraná, Mato Grosso e Goiás. A iniciativa do CEC teve como motivação informação, aqui. De que o historiador Paulo Vendelino Kons, em nome do Grupo de Proteção da Infância e Adolescência (Grupia), de Brusque, fez pedido formal ao Secretário de Estado da Educação, para dotar adotar a mesma medida daqueles governos, sob a alegação de que a obra, distribuída pelo Ministério da Educação através do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), contém pornografia explícita. 

Carteira especial 

Um eloquente atestado da crescente consciência coletiva catarinense quanto ao autismo pode ser dado num número: de fevereiro de 2020, quando foi lançada, até março passado, 18,1 mil pessoas com o transtorno já foram beneficiadas com carteira de identificação especial, o que garante acesso prioritário em todos os estabelecimentos privados e órgãos públicos. E nas 245 instituições especializadas credenciadas à Fundação Catarinense de Educação Especial, atualmente são atendidas 23,4 mil pessoas com TEA. 

Falta de informações 

Ao contrário das festividades alusivas aos 150 anos da imigração italiana em SC, chama atenção a falta de informações sobre um fato até mais importante, porque mais antigo: os 200 anos, ou bicentenário, neste ano, da imigração alemã. Comemoração que merecia bem mais do que enfadonhas sessões solenes aqui e ali. 

População de rua 

As denúncias recebidas pelo Conselho Nacional dos Direitos Humanos sobre violações aos direitos humanos da população em situação de rua em SC, estão sendo debatidas na Assembleia Legislativa, encerrando os trabalhos de uma missão do CNDH no Estado, em vários municípios. O objetivo foi realizar um diagnóstico sobre as políticas públicas que vêm sendo implementadas em nível municipal e estadual e buscar avançar na promoção dos direitos humanos e das garantias fundamentais previstas na Constituição. 

BC Vertical 

Vale a leitura, agora e no futuro, do livro “BV Vertical”, do historiador Isaque de Borba Corrêa, lançado recentemente sobre a construção civilde Balneário Camboriú, seu metro quadrado mais valorizado do Brasil e agora a mais nova referência internacional em padrão construtivo. 

Mais notícias

www.acdiegoli.blogspot.com

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -