- Publicidade -
- Publicidade -
20.7 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

BC da Argentina corta juros para 50%, segunda redução em 7 dias

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O Banco Central da Argentina reduziu nesta quinta-feira (2) a taxa básica de juros de política monetária de 60% para 50% ao ano.

“A decisão do BCRA leva em consideração o contexto financeiro e de liquidez e se baseia no rápido ajuste das expectativas de inflação, no fortalecimento da âncora fiscal e no impacto monetário contracionista derivado da sazonalidade nos pagamentos externos do Tesouro no atual trimestre”, disse o BC argentino em nota.

Na quinta da semana passada, a instituição já havia reduzido a taxa de referência de 70% para 60% ao ano.

- Publicidade -

Há três semanas, o banco central cortou a taxa de juros básica em mais 10 pontos percentuais, citando uma desaceleração “acentuada” da inflação em meio a uma dura e dolorosa campanha de austeridade sob o comando do novo presidente libertário Javier Milei.

As políticas fiscais rígidas de Milei estimularam o ânimo dos investidores na Argentina, impulsionando ações, títulos e o peso, mas os níveis de pobreza estão aumentando junto com a recessão econômica, à medida que a atividade, a produção e o consumo caem.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -