- Publicidade -
- Publicidade -
27.9 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Se prefeitura de Balneário Camboriú pagar R$ 10 milhões de multa prefeito não precisa pagar nada

O promotor da Moralidade Administrativa, Jean Michel Forest, detalhou ao Página 3 que a multa em torno de R$ 10 milhões que ele quer aplicar no Município de Balneário Camboriú e no prefeito Fabrício Oliveira, é solidária, se um dos réus pagar o valor total, a dívida está liquidada.

O MP moveu o processo alegando que Fabrício desrespeitou sistematicamente um Termo de Ajustamento de Conduta que previa o fim das contratações temporárias e realização de concurso público.

O promotor adiantou que a definição acontecerá em fevereiro ou março, quando será realizada audiência judicial para tratar de um acordo entre as partes.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -