- Publicidade -
- Publicidade -
27.8 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Baile de Cumbia com dança e música latina e duas estreias no cinema da Arthouse de Balneário Camboriú

Os filmes ‘Close’ e ‘Aftersun’ são os destaques da semana

Na ArthouseBC a programação do feriado prolongado já começa na quinta-feira (20), com duas estréias no Circuito de Cinema e uma atração especial: o Baile de Cumbia, que traz a Balneário Camboriú pela primeira vez a Banda Jarana, com sua dança e música latina. A programação do Circuito segue até domingo (23).

Estreias

O filme “Close” traz um retrato sincero sobre a adolescência e os resultados que o preconceito pode trazer para a vida de uma pessoa e de sua família.

O emocionante “Aftersun” aborda a relação de pai e filha em uma atmosfera nostálgica, de modo em que as memórias da protagonista ganham um novo significado ao perceber que o pai que tanto amava, na verdade, também tinha um lado misterioso.

- Publicidade -

Seguem em cartaz:

“O Colibri”, romance vencedor do prestigioso Prêmio Strega, é uma história de resiliência e coragem narrando a trajetória de vida de Marco.

O cinema do norte chegou com “Noites Alienígenas” que expõe uma Amazônia urbana, em meio a modernidade que insiste em negar a floresta.

“A Garota Radiante”, é o primeiro longa de Sandrine Kimberlain, que apresenta personagens que vivem em um mundo romântico e inocente que está prestes a deixar de existir.

“Medusa”, da diretora estreante Anita Rocha da Silveira, chama a atenção com uma narrativa que une mitologia e o horror de viver nos tempos atuais.

“O Rio do Desejo”, dirigido por Sérgio Machado, adapta para o cinema o livro de Milton Hatoum e coloca grandes atores como Sophie Charlotte, Daniel de Oliveira, Gabriel Leone e Rômulo Braga.

Circuito de Cinema: clique aqui.

- Publicidade -

Serviço / Circuito Cinema

Endereço: Arthousebc / Rua São Paulo Nº 581-1 / Bairro dos Estados / Balneário Camboriú / SC
Ingresso: R$ 30,00 (inteira) ou R$ 15,00 (meia) à venda na bilheteria do cinema
Bilheteria: de quinta a domingo das 14h às 22h / Dinheiro, Débito, Crédito ou Pix
Realização: Arthousebc / Comunica

Baile de Cumbia

Será nesta quinta-feira (20), às 22h, a estreia do quinteto da Banda Jarana Club e seus ritmos latinos em Balneário Camboriú, apresentando a MPB como parte do universo latino e  promovendo inusitadas versões em ritmo de cúmbia.

A banda foi formada em Bombinhas em 2021 pelos músicos rosarinos (Argentina) Matias Abalos (guitarra e voz) e Esteban Arancibia (teclado e voz). A eles se juntou o músico, cineasta e produtor cultural Santiago Asef, com quem gestaram a identidade e desenvolvimento do projeto. Atualmente também atuam junto ao percussionista Mauro Manillo (Argentina) e o contrabaixista Marcelo Pizolotto (Brasil). Faz participação especial o trompetista Cleber “Xuminga” Cardoso Bittencourt (Brasil), na formação de sexteto.

O grupo montou um amplo repertório de sons latinos, principalmente do popular e dançante ritmo de cúmbia. Músicas argentinas, uruguaias, cubanas, peruanas, mexicanas, colombianas e brasileiras, de artistas diversos como Jorge Drexler, Manu Chao, Natalia Lafourcade, Gilda, La Nueva Luna, Los Mirlos, La Delio Valdez, Antonio Rios, Buena Vista Clube Social, Los Ángeles Azules, Academia da Berlinda, Luedji Luna, Tim Maia, Legião Urbana e outros, compõem uma viagem sonora pela América do Sul.

A Jarana Club tem como uma das suas missões fortalecer a consciência da cultura latina no Brasil, um processo de integração às vezes redundante, às vezes óbvio, mas muitas vezes demorado. 

O fato de também o Brasil ser tão grande quanto um continente, dá conta de uma América do Sul dividida pelas línguas portuguesa e espanhola, que não dialogam o suficiente entre si em termos culturais. 

A Jarana seleciona oportunamente esses sons brasileiros, que brincam com a cúmbia, misturas que criam bandas destacadas como a BaianaSystem ou Academia da Berlinda. Invertendo esse sentido, a Jarana também traduz criativamente a MPB como parte do universo latino, e a promove em inusitadas versões feitas em ritmo de cúmbia. 

Sons como Ela Partiu ou Que Beleza (do Tim Maia), Tempo perdido (da Legião Urbana) ou Samurai (do Djavan), entre outras, estão entre estas versões.

A Cumbia

A cúmbia é um dos principais marcos da expressão africana na América. É originária da parte alta do vale do rio Magdalena, na Colômbia. Seus “fundadores” foram descendentes de escravos colombianos vindos da África. A palavra cúmbia viria de cumbé, que significa festa.

A partir das décadas de 50 e 60, o ritmo se disseminou por todos ou quase todos os países falantes do castelhano da região e, atualmente, é considerado um dos ritmos musicais mais populares na América Latina. 

A sua matriz rítmica, com a sua cadência empolgante para dançar, e suas letras românticas, inesquecíveis para cantar, espalhou o gênero pelos bailes populares das classes mais humildes do centro e sul do continente, criando identidades artísticas, sub gêneros e tipos de cúmbia em cada região e país, chegando a ser nos dias atuais a coluna vertebral da música latino-americana.

Certamente por conta da língua, o que também significou a resistência e fortaleza da cultura brasileira, o movimento demorou seu ingresso no Brasil. 

Nos últimos anos, o gênero tem se consolidado também no país, através de composições originais de destacadas bandas como BaianaSystem e Academia da Berlinda, entre outras, mas a relação com esse ritmo não é tão inusitada no Norte e na Amazônia, sendo a cúmbia também uma espécie de primo distante dos ritmos brasileiros calypso, carimbó e brega. Conforme à consciência e integração do Brasil dentro de uma movimentação amplia da cultura regional latino-americana, como um tudo que conversa sobre a sua diversidade, a cúmbia conquistará a com a sua alegria e romanticismo o coração brasileiro.

Baile de Cumbia com Jarana Club: clique aqui

Ingressos antecipados ganham uma cerveja!
Vem dançar com a gente

Serviço / Baile

  • Endereço: Arthousebc / Rua São Paulo Nº 581-1 / Bairro dos Estados / Balneário Camboriú / SC
  • Data: 20/04/2023, a partir das 21h
  • Entrada: R$ 10,00 na bilheteria ou antecipado pelo PIX (47) 99680.2801
  • Realização: Arthousebc / Comunica

fonte: Assessoria ArthouseBC

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -